A primeira metade desse artigo está mais detalhado na palestra A Tempestade se Aproxima, parte 1.

A compreensão de surtos, como o Coronavírus, requer antecedentes e contexto. O primeiro princípio que precisa ser entendido é que o mundo está sujeito a um grande engano :

E houve guerra no céu: Miguel e seus anjos lutaram contra o dragão; e o dragão lutou e seus anjos, e não prevaleceu; nem foi mais encontrado o seu lugar no céu. E o grande dragão foi expulso, a velha serpente, chamada Diabo, e Satanás, que engana o mundo inteiro; ele foi lançado na terra e seus anjos foram expulsos com ele. Ap 12: 7-9. 

Aqui nos diz que Satanás engana o mundo inteiro. Não apenas parte do mundo, mas todo o mundo. Então, como Satanás engana o mundo inteiro? Esta pergunta pode ser respondida com outra pergunta: Quem Satanás usa para enganar o mundo inteiro? Resposta: a elite. A humanidade sempre foi governada pela elite – está escrito: “O rico domina sobre os pobres” (Pv 22: 7). Este tem sido o caso desde os dias de Ninrode.

Ellen White nos diz que há uma conexão entrelaçada entre céu e terra, que é claramente revelada nas Escrituras:

“A relação do mundo visível com o invisível, o ministério dos anjos de Deus, a operação dos espíritos maus, acham-se claramente revelados nas Escrituras, e inseparavelmente entretecidos com a história humana.” GC 511.1

Assim, Deus e Seus anjos trabalham através de Seu povo na Terra para influenciar os assuntos terrestres, para o bem da humanidade. E Satanás e seus anjos trabalham através de seu povo na Terra, para influenciar os assuntos terrestres, em detrimento da humanidade. Qual é o método de trabalho de Satanás, com seus agentes terrenos? Resposta: conspiração. Ellen White chama Satanás “este chefe da conspiração ” (GC 670). É por isso que não estamos autorizados a falar sobre conspirações . Todos aqueles que tentam expor conspirações são rotulados de ‘teóricos da conspiração’ e demonizados em silêncio. Deveria ser evidente que as conspirações são a norma, porque a elite trabalha muito para negar sua existência.

A Bíblia expõe inúmeras conspirações. O alvo da maior conspiração foi o próprio Jesus. Depois de terem suas falsas crenças expostas por Cristo, diz-se dos judeus que “eles se encheram de furor; e discutiam entre si (conspiraram) quanto ao que fariam a Jesus.” Lucas 6:11

Em outras palavras, eles conspiraram juntos para combater a influência de Jesus. Por fim, aqueles que estavam envolvidos nessa conspiração decidiram que Jesus tinha que morrer. O que Jesus obviamente sabia, disse aos judeus: “… procurais me matar … ” (João 8:40 ; ver também João 7:19 ). Então, Jesus acreditava em conspirações e foi vítima de uma conspiração.

A pureza e santidade de Cristo, porém, valeram-Lhe o ódio dos ímpios. Sua vida de renúncia e impecável devotamento, era perpétua reprovação a um povo orgulhoso, sensual. Foi isto que provocou inimizade contra o Filho de Deus. Satanás e os anjos caídos uniram-se aos homens maus. Todas as energias da apostasia conspiraram contra o Campeão da verdade. {GC 506.3}

Existem conspirações ‘oficiais’ e conspirações ‘não oficiais’. Por exemplo, a explicação oficial para o que ocorreu no 11 de setembro é que foi uma conspiração arquitetada em uma caverna no Afeganistão. Essa é uma conspiração à qual todas as pessoas ‘da sociedade boa e regular’ precisam se afiliar. A menos que uma conspiração seja ‘oficialmente’ aprovada não estamos autorizados a acreditar nelas, e todos aqueles que propagam tais teorias são ‘marginalizados da sociedade’ cujo lugar é em um asilo de loucos. O inimigo suja ainda mais a água, criando teorias de conspiração falsas que obviamente estão erradas. O objetivo de tais táticas é promover a ideia de que todas as teorias da conspiração estão obviamente erradas. Um exemplo de tais táticas é a teoria da terra plana. Alguns defendem seriamente que a terra é realmente plana, e que existe uma conspiração elaborada para esconder esta ‘verdade’ de nós. Todas essas teorias falsas da conspiração são projetadas para nos desviar do fato de que conspiração é, de fato, o modelo de negócio normal para este planeta . Depois de nos dizer que “todas as energias da apostasia conspiraram” contra Cristo “, Ellen White continua dizendo:

“A mesma inimizade demonstrada para com o Mestre.É manifesta em relação aos seguidores de Cristo” GC 507.1

Se a mesma inimizade que se manifestou contra Cristo também se manifesta contra Seus seguidores, é razoável esperar que o mesmo método também seja usado. Então, encontramos evidências de “todas as energias da apostasia” conspirando contra o povo de Deus nas Escrituras. Sim! Existe tal conspiração ‘escondida à vista’ na Bíblia.

A Bíblia nos diz que vivemos sob uma enorme conspiração, inspirada por Satanás; conspiração chamada Babilônia. Diz-nos que Babilônia é representada por uma mulher que comete fornicação com ‘ os reis da terra ‘ (ver Ap 17: 2). ‘Os reis da terra’ são a elite. Em outras palavras, a Babilônia está em uma conspiração íntima com a elite.

Ellen White nos diz basicamente a mesma coisa; lhe foi mostrada a elite deste mundo conspirando sob a influência de Satanás e seus anjos:

“Vi então os principais homens da Terra consultando entre si, e Satanás e seus anjos ocupados em redor deles.” PE 282.2

O mesmo estava acontecendo, no tempo, de Paulo, o Apóstolo. Ele nos adverte que ‘forças obscuras’ estavam operando “nas potestades do ar” – portanto, Paulo nos diz que precisamos vestir toda a armadura que o Céu fornece, porque:

“pois a nossa luta não é contra a carne e o sangue, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os dominadores das trevas desse mundo, contra a iniquidade espiritual nas alturas.” Ef 6:12

A elite é uma combinação perfeita para Satanás, porque a elite odeia o resto da humanidade. Eles odeiam a humanidade porque temem a humanidade. Eles temem a humanidade, porque a humanidade tem o hábito regular de se levantar contra eles e matá-los. Alguns dos exemplos mais importantes são a revolta de escravos liderada por Spartacus na época romana; o reinado do camponês alemão na época de Martinho Lutero; e a Revolução Francesa . Foi após a Revolução Francesa, começando com o Congresso de Viena (1814), que a elite decidiu organizar o mundo de tal maneira, para que algo como a Revolução Francesa nunca mais pudesse acontecer.

Esse medo das massas também gera desprezo. Esse desprezo é geralmente mantido cuidadosamente oculto, mas ocasionalmente escapa (Hillary Clinton chamou recentemente todos os eleitores de Trump de ‘deploráveis’). Portanto, a despeito de todas as belas palavras e promessas feitas pela elite (através de seus políticos fantoches), eles não têm os melhores interesses das pessoas em mente. De fato, por serem liderados por Satanás, suas intenções e métodos são malévolos e diabolicamente maus.

Seu objetivo é sempre manter o controle. Eles têm muitos mecanismos de controle. Por exemplo, existe a armadilha da dívida. A elite cria dinheiro do nada e depois os empresta a juros. Isso é fraude legalizada e um tipo de escravidão moderna. Essa escravidão por dívidas também faz parte do sistema babilônico, e é por isso que nos dizem: “… porque os teus mercadores (da Babilônia) eram os grandes homens da terra” (Ap 18:23). Em outras palavras, aqueles que controlam a economia do mundo são os servos da Babilônia. Esse controle sobre as economias das nações resulta em escravidão moderna: “O rico domina sobre os pobres; e o que toma emprestado é servo do que empresta.” (Pv 22: 7) Esse é um dos principais mecanismos de controle – além de torná-los esquisitos, ridículos e hediondos.

Mas a escravidão por dívida é apenas um dos muitos mecanismos de controle que a elite possui. A escravidão por dívida é controle físico, o mecanismo de controle mais insidioso é o controle que Babilônia exerce sobre a mente. A propaganda da Babilônia chega até nós através do controle da elite sobre os principais meios de comunicação. É por isso que nos dizem: “… e os habitantes da terra se embebedaram com o vinho de sua fornicação” (Ap 17: 2). E, “… porque pelas tuas feitiçarias todas as nações foram enganadas” (Ap 18:23). A maior parte dessa propaganda é baseada no controle do medo (manter as pessoas com medo, é a maneira mais simples de controlá-las). É, portanto, de admirar que também somos informados de que Babilônia negocia em: “… escravos e as almas dos homens” (Ap 18:13).

Apesar do aumento progressivo no padrão de vida, as diferenças entre ricos e pobres em todo o mundo nunca foram maiores. Ao mesmo tempo, a população dos ‘deploráveis’ também nunca foi maior.

Portanto, não deveria nos admirar que se estamos ouvindo o coro se avolumar, da parte da elite, sobre os perigos da superpopulação – e a necessidade de reduzir a população do mundo. Isso não é algo que eles desejam que aconteça no futuro. Isso é algo que eles estão fazendo agora. Eles estão matando pessoas neste momento. A Bíblia nos diz que a elite será julgada por seus crimes, incluindo a morte dos ‘deploráveis’:

“Eia agora, vós ricos, chorai e pranteai, por causa das desgraças que vos sobrevirão. As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão roídas pela traça. O vosso ouro e a vossa prata estão enferrujados; e a sua ferrugem dará testemunho contra vós, e devorará as vossas carnes como fogo. Entesourastes para os últimos dias. Eis que o salário que fraudulentamente retivestes aos trabalhadores que ceifaram os vossos campos clama, e os clamores dos ceifeiros têm chegado aos ouvidos do Senhor dos exércitos. Deliciosamente vivestes sobre a terra, e vos deleitastes; cevastes os vossos corações no dia da matança. Condenastes e matastes o justo; ele não vos resiste.” Tiago 5:1-6=

Observe que um de seus crimes é a morte dos justos. A elite é culpada de assassinato – eles matam as pessoas sob seu controle. Como eles se safam disso? Certamente notaríamos isso, não? Infelizmente, o “vinho de sua fornicação” é muito forte e os habitantes do mundo bebem tanto, que permanecem em constante estado de estupor embriagado . As pessoas não conseguem pensar direito, não conseguem distinguir entre real e irreal, não conseguem discernir o que é verdadeiro e o que é falso, chamam o mal de bem e o bem de mal. Eles não podem reconhecer o mal, mesmo quando isso os mata.

Isso ocorre porque o assassinato está disfarçado de algum tipo de agenda. Essas agendas chegam até nós, como parte do vinho de sua fornicação – elas também são envoltas em uma capa de ‘bem comum’. O exemplo clássico, atualmente, é a farsa da mudança climática. A elite está usando a farsa da mudança climática para impedir o desenvolvimento econômico no terceiro mundo (o que resulta na morte de milhares). Eles a estão usando-o para oprimir os ‘déploráveis’ através de impostos climáticos. E eles estão usando as mudanças climáticas para impor cada vez mais regras e regulamentos que restringem a liberdade e desgastam os princípios democráticos.

Eles têm inúmeras maneiras de matar e reduzir a população, sem que os deploráveis ​​percebam e se levantem contra eles. Por exemplo, é um fato bem documentado que a fertilidade da raça humana está diminuindo e está diminuindo em um ritmo sempre acelerado . Por exemplo, veja aqui: https://www.bbc.com/news/health-46118103 e https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2018/11/10/interna_ciencia_saude,718695/relatorio-mostra-que-taxa-de-fecundidade-global-cai-pela-metade.shtml

Certamente existem fatores ambientais que causam esse declínio de fertilidade, mas o declínio está definitivamente sendo acelerado também pela elite.

Um método que a elite está usando para prejudicar a fertilidade é através do uso de vacinas. Por exemplo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) realizou uma parceria de imunização neonatal contra o tétano, no Quênia, em 2016. A Associação Médica Católica médica pró-vacina, tornou-se suspeita da vacina. Eles enviaram amostras da vacina para um laboratório na África do Sul para testes. Os testes revelaram que a vacina foi “enriquecida” com antígeno HCG (um hormônio que pode impedir a gravidez). Veja estes links:

https://www.globalresearch.ca/mass-sterilization-kenyan-doctors-find-anti-fertility-agent-in-un-tetanus-vaccine/5431664

Tetanus vaccine made our women infertile- Raila Odinga

https://www.nation.co.ke/news/Raila-joins-Catholic-Church-in-opposing-tetanus-vaccine/1056-4091820-11g3lhi/index.html

As pessoas estão acordando para o fato de que as vacinas estão sendo usadas para redução da população. Bill Gates, o filantropo que promove a vacina, admitiu isso abertamente recentemente em uma palestra no TED.

 

 

A elite é eugenista. Seus membros acreditam que podem ajudar a evolução, através do abate e da criação seletiva da população mundial. Portanto, não é de amirar que há vírus em desenvolvimento, que têm como alvo certos grupos étnicos e certas nações.

Essa perspectiva terrível (vírus alvo) foi levantada desde 2004 pela Associação Médica Britânica em um relatório intitulado ‘Biotecnologia, Armas e Humanidade II’ e relatado pelo The Guardian, em 28 de outubro de 2004.

https://www.theguardian.com/science/2004/oct/28/thisweekssciencequestions.weaponstechnology

E em 13 de agosto de 2019, o Daily Telegraph informou que, o que era uma possibilidade temida pela British Medical Association, havia realmente chegado. Na reportagem, o Daily Telegraph estava citando uma pesquisa concluída pela Universidade de Cambridge. A manchete do Daily Telegraph dizia: “O mundo deve se preparar para armas biológicas que visam grupos étnicos, baseados na genética, diz a Universidade de Cambridge”

https://www.telegraph.co.uk/science/2019/08/12/world-must-prepare-biological-weapons-target-ethnic-groups-based/

Então, o coronavírus tem como alvo uma determinada nação, um determinado grupo étnico? Bem, se foi projetado para ser uma arma assim, é lógico que o alvo estaria onde quer que a doença começasse. Então, onde foi o marco zero? Resposta: China. Paradeiro na China? Resposta: Wuhan. Onde os jogos atléticos militares (realizados a cada quatro anos) foram realizados recentemente ? Resposta: Wuhan. Os EUA enviaram militares para participar? Resposta: Sim, eles enviaram uma delegação de mais de 300 pessoas. O governo chinês acusa os EUA de usar esta oportunidade para liberar o coronavírus em Wuhan? Sim, eles o fazem. Devemos acreditar no governo chinês? Você decide por si mesmo.

Nos últimos tempos, houve uma infinidade de novos vírus e doenças nunca antes vistos, como; HIV/Aids, gripe aviária, gripe suína, gripe de camelo (MERS), síndrome respiratória aguda súbita (SARS), Ebola, Zika ; e o mais recente presente da elite satânica, Coronavirus. Esses são todos projetados para abater a população do mundo . [A agência americana de saúde pública ‘ Centers for Disease Control and Prevention ‘ (CDC), na verdade detém a patente do Ebola]. Link no rodapé.

Há dez anos, a Fundação Rockefeller previu o que está acontecendo hoje, em um documento publicado por eles, intitulado “Cenários para o futuro da tecnologia e do desenvolvimento internacional ” (link no rodapé). No documento eles afirmam que o objetivo de uma pandemia assim é que, “líderes de todo o mundo fiquem mais firmes no poder.”

Em 18 de outubro de 2019, apenas 2 meses antes do surto do coronavírus, a Universidade John Hopkins, a Fundação Bill e Melinda Gates e o Fórum Econômico Mundial (conjunto globalista de Davos) realizaram uma simulação pandêmica em todo o mundo, que eles chamaram de Evento 201. A doença que eles escolheram para a simulação de pandemia não era uma das emergências de vírus que já experimentamos, como SARS ou Ebola. Não, eles escolheram o coronavírus para a simulação. Que coincidência!

Conquanto que os os vírus anteriores causaram pânico e perturbação, e depois se dissiparam e desapareceram, Coronavirus parece estar em outra dimensão. Os vírus anteriores nunca alcançaram proporções pandêmicas . Diferentemente das outras emergências localizadas, essa crise é mundial. O que provavelmente exigirá uma solução mundial (governo mundial?). Ela é tão perturbadora, que ameaça economias de entrarem em colapso. Se houver outra crise financeira e bancária iminente (o que existe), seria um bom momento para isso. Os banqueiros e políticos poderão ir à TV e dizer; “Não é nossa culpa, é o coronavírus.”

Por fim, todas essas elites, táticas comprovadas e verdadeiras, serão focadas no povo de Deus. Fomos avisados por Ellen White:

A igreja, que logo entrará em seu conflito mais severo, será o objeto mais querido por Deus na Terra. A conspiração do mal será agitada com poder por baixo, e Satanás lançará toda a censura possível sobre os escolhidos, a quem ele não pode enganar e iludir com suas invenções e falsidades satânicas. Maranata 203 .

Então, de acordo com Ellen White, existe uma conspiração satânica. O coronavírus é apenas a manifestação mais recente dessa conspiração. Em breve, toda a força dessa conspiração será direcionada contra o povo remanescente de Deus. E isso nos leva ao objetivo satânico final – e a verdadeira razão do ataque do vírus sofrido pela humanidade, e todos os outros meios destrutivos implantados contra nós.

Satanás está montando e treinando seu povo para um tumulto assassino no fim dos tempos. Até agora, todos esses ataques de vírus eram meros exercícios de treinamento. Eles estão treinando para o confronto final.

Todos os cristãos entendem que Satanás foi derrotado pela morte e ressurreição de Cristo. Mas o que não se entende é que Satanás pensa que ainda pode vencer a batalha contra Cristo, e ele está planejando e se preparando ativamente para o clímax das eras. Seu plano para a vitória é matar todo o povo de Deus:

Ele enumera o mundo como seus súditos; mas a pequena companhia que guarda os mandamentos de Deus está resistindo à sua supremacia. Se ele pudesse apagá-los da terra, seu triunfo seria completo. GC 618.

Satanás tentou a mesma tática no passado (matar todo o povo de Deus). Ele tentou por 1260 anos, mas falhou. Ele falhou porque o povo de Deus seguiu o conselho de Jesus:

… quando te perseguirem nesta cidade, fugi para outra … Mateus 10:23.

No passado, o povo de Deus foi capaz de fugir de um lugar para outro e conseguimos encontrar refúgio nas partes periféricas do mundo. No entanto, este não é o caso hoje. Satanás aprendeu com seu fracasso passado. Agora ele está construindo um planeta prisional, um lugar onde não haverá para onde correr e nem onde se esconder. Estamos vivendo em um estado de vigilância constante. Os governos estão coletando tantos dados sobre todos que, se alguma vez nos tornarmos ‘uma pessoa de interesse’, eles apenas precisam pressionar alguns botões para saber tudo sobre nós, inclusive onde estamos.

Cada crise, seja ela física ou provocada pelo homem, permite que Satanás construa as paredes celulares da prisão muito mais apertadas em torno de nós. A crise do Coronavírus permite aos agentes de Satanás de impor restrições de viagem, restrições de ordem públicas, vacinas obrigatórias etc. Quando a crise se acalmar, muitas destas novas leis permanecerão em vigor ‘para o bem público.’ Isso tornará quase impossível protestar efetivamente contra qualquer coisa novamente. Toda e qualquer crise subsequente permitirá novas adições aos muros da prisão.

No entanto, muitos, com a ajuda divina, escaparão. Jesus chamou aqueles que escapam dos eleitos:

Pois surgirão falsos cristos e falsos profetas, e mostrarão grandes sinais e maravilhas; de modo que, se fosse possível, enganariam os próprios eleitos. Mt 24:24.

A questão naturalmente surge: quem são os eleitos? O Apóstolo Pedro dirigiu uma de suas cartas para o povo de Deus espalhadas por toda aquela região do mundo que conhecemos como a Turquia, que chamou de Eleitos:

Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos estrangeiros espalhados por todo o Pontus, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, eleitos segundo a presciência de Deus Pai, por meio de

santificação do Espírito, à obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: graça a vós e paz sejam multiplicadas. 1Pe 1:2.

Pedro identifica os eleitos como aqueles que: foram justificados pelo sangue de Cristo ; santificados pelo Espírito Santo e por aqueles que vivem uma vida de obediência.

Se aceitarmos esses dons do céu e os fizermos parte de nossas vidas, escaparemos. Nem todos escapam literalmente – mas todos escapam espiritualmente. Os eleitos não bebem ‘o vinho de sua fornicação’.

Para o povo de Deus, a principal reação que se espera é se assegurar que são contabilizados como eleitos.

É uma pena que não tenhamos um livro que explique todas essas coisas para nós em maiores detalhes. Um bom título para esse livro seria ‘A Conspiração Mundial’ – mas espere, existe um livro assim, mas não é chamado de ‘A Grande Conspiração’, mas algo muito semelhante, é chamado ‘A Grande Controvérsia’ – obtenha uma cópia e leia-o e, em seguida, leia-o novamente.


Nota 1: Para ver a patente CDC do Ebola e o documento da Rockefeller Foundation ‘Cenários para o futuro da tecnologia e do desenvolvimento internacional’.

https://www.youtube.com/watch?v=uZsl9v3189Q

Nota 2: há um vídeo que fornece uma boa descrição da agenda de retirada da população e o papel de liderança da Igreja Católica nessa agenda. Infelizmente, não consigo mais encontrá-lo no You Tube (provavelmente removido). Mas eu tenho um backup na manga! https://vimeo.com/398344535/4f2dd3423c Atenção, vídeo em inglês de 2h17min

 

 

A Desobediência Civil e a Inspiração

A Desobediência Civil e a Inspiração

A recusa de cooperar com o governo foi a base para o movimento liderado por Gandhi, na Índia, em meados do século XX. Esse princípio foi posteriormente usado pelos negros no sul dos EUA para acabar com a segregação contra eles, liderados pelo pastor protestante Martin...

WhatsApp chat