Muitos querem saber por que desenvolvemos as más propensões e Cristo não, Ele que veio com natureza caída (ST 6.1.1881 par 16), pecaminosa (MS 181.3) e tinha natureza humana idêntica à nossa (T2 508.2). Apesar de ter a propensões herdadas (Carta 303, 1903) não teve as cultivadas (Carta a Baker).

Temos que admitir que temos pouca informação sobre o período do nascimento até a idade da responsabilidade de Jesus. Porquanto, quaisquer conclusões devem apenas permanecer no terreno das tentativas.

Uma sugestão é que a capacidade de discernir entre o certo e o errado estava presente desde cedo no menino Jesus e foi exercitada no sentido de evitar que as propensões pecaminosas aflorassem.

Outra proposta é que Cristo não planejara ser um exemplo à humanidade como criança. Consequentemente, os eventos ocorridos durante Sua infância não são relevantes às questões envolvidas no grande conflito.

A solução que me parece mais favorável é que por causa do nascimento sobrenatural de Cristo mediante o Espírito Santo, Ele nasceu como nós quando renascidos. Porque o poder do Espírito Santo dirigia sua vida desde o nascimento, Ele não desenvolveu padrões de hábitos pecaminosos ou propensões que nós desenvolvemos desde o nascimento. Repare a seguinte citação de Ellen G. White:

“Cristo uniu a Sua natureza divina com a humanidade para nos mostrar que Deus deseja uma união mais íntima com Ele.” Materiais 1888 280.1 A combinação divina-humana é um protótipo da mente do cristão (1Co 2:16) de Cristo é um protótipo da nossa.

Parte do artigo foi retirado de “Face a Face com o Verdadeiro Evangelho” de Dennis Priebe, livro do IAGE.

Agora faz sentido a citação “A humanidade do Filho de Deus é tudo para nós. É a corrente de ouro que liga nossa alma a Cristo, e por meio de Cristo, a Deus. Isso deve constituir nosso estudo.” ME1 244.1

Quero arrematar com a seguinte citação de EGW: “Cristo venceu a cada tentação do inimigo, porque nEle a divindade e humanidade estavam combinados…A pergunta que devemos fazer à nossa alma é: ‘Sou eu um particupante da natureza divina, representado por ter sido nascido de novo?'” Signs of the Times 26 de setembro de 1892, parágrafo 4 {ST September 26, 1892, par.4} Ênfase acrescentada.

Doug Batchelor encabeça protesto criativo

Doug Batchelor encabeça protesto criativo

Nossa igreja na Califórnia encontrou uma maneira criativa de se reunir com segurança no sábado, sem violar as proibições do estado, em reuniões da igreja. Ainda temos permissão para nos reunir e protestar na Califórnia, então ... PROTESTANDO CONTRA O DIABO! (original...

A Jornada de Jones e Waggoner

A Jornada de Jones e Waggoner

A Mensagem de 1888. Lições da História. Será que os Jones e Waggoner se afastaram da fé adventista por seus ensinos excêntricos, como a nova teologia dá a entender? Lucas Bem é historiador e vive em Marília–SP congressomv · Lucas Bem - A Jornada de Jones e...

Erratas EGW CPB

Erratas EGW CPB

Adulteraram EGW? Nada indica que houve alterações significativas nos escritos de EGW no inglês. Pois eles foram sendo publicados enquanto ela vivia e se tivessem mudado algo após sua morte, teria havido um grito de alerta geral, pois muitos adventistas são bem...

WhatsApp chat