“Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.” Tg 3:2

Expressando admiração, muito se exclama “puxa!”. “Tem ótimo trânsito na família brasileira essa interjeição, faz tempo que vem se perdendo nela a memória da puta. Puxa vida! Vida cadela! Está no Houaiss: puxa, “forma eufemística do substantivo puta, tomada de empréstimo ao espanhol pucha (c1500) ‘eufemismo por puta; interjeição de surpresa, desgosto etc.’ (…) Confunde-se com o verbo puxar, parece uma interjeição inocente. (…) Puxa é como cacilda, caramba, caraca, tabuísmos atenuados. De todos eles, é provavelmente o que disfarça melhor a sua origem. (…) Confunde-se com o verbo puxar, parece uma interjeição inocente.” Fonte: http://todoprosa.com.br/curiosidades-etimologicas-puxa

Vixe, vish, vsch, são todas alterações de ‘Virgem’, tão comum em exclamações de fundo católico em nossao país.” Fonte: http://origemdapalavra.com.br/site/palavras/vixe/

“Nossa” ou simplesmente o “nó” mineiro: Alusão à padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, o ídolo católico em (des)honra à mãe de Jesus.

O Senhor diz: “E em tudo o que vos tenho dito, guardai-vos; e do nome de outros deuses nem vos lembreis, nem se ouça da vossa boca.” Ex 23:13

“As dores se multiplicarão àqueles que fazem oferendas a outro deus; eu não oferecerei as suas libações de sangue, nem tomarei os seus nomes nos meus lábios.” Salmo 16:4

Quando invocamos uma pessoa morta, quem é chamado? O diabo (ver 1Sm 28:13).

Temos a verdadeira intenção de chamar Maria ou um demônio? Obviamente não, ou seja, falamos algo que não realmente tencionamos que aconteça. Isso combina com o caráter do grupo da qual é dito “E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis diante do trono de Deus.”? Apocalipse 14:5

“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.” PCF — Efésios 4:29

“Porque então darei uma linguagem pura aos povos, para que todos invoquem o nome do SENHOR, para que o sirvam com um mesmo consenso.” Sofonias 3:9

‘Posso ouvir o protesto: “Mas isso já virou parte da linguagem brasileira, é lugar comum, sem nada demais.’ Será? O uso excessivo batiza a linguagem torpe? ‘Mas o pregador tal, a fulana da verdade presente, fala tal e tal palavra!’

“De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.” Rm 14:12

“Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.” Mt 5:37

WhatsApp chat