Recentemente os ministérios IBC (produção) e IAGE (impressão e distribuição) publicaram a Bíblia White, uma Bíblia com comentários da profetisa Ellen G. White. Devido à propaganda contrária, a demanda surpreendeu ao IAGE, motivo pelo qual seu pedido ou consulta pode demorar alguns dias para ser processado. Voltei de Unasp EC e Hortolândia ontem. Vendi várias no Unasp, e em Hortolândia fui recebido com violência verbal por distribuir folhetos na rua, na saída da igreja africana. Em seguida, na central, respeitei desabafo público e o pedido do pastor para não distribuir.

A Bíblia já deu muito pano para manga e a controvérsia não quer parar. Agora está circulando na rede uma imagem de nota oficial da IASD em relação ao direito de publicar materiais de Ellen White e o uso do nome. O documento foi postado, originalmente, no Facebook de Berg e Kennya Albuquerque às 18:24 de 7 de maio. Berg é  ferrenho opositor do IAGE, IBC e MV. Às 22:00 Leandro Quadros também postou a imagem. 

Veja  abaixo a postagem de Leandro Quadros:

 

 

 

O intrigante é que por vários dias o documento não foi postado em nenhuma página oficial da IASD, o que é de se esperar de uma nota oficial. Por isso se levantou o questionamento se a nota não seria fake news. Também originalmente não tinha assinatura, e os metadados indicam que foi produzido em um software pirata, pois não exibe o registro do usuário criador. Abaixo nossos comentários à nota original, entre colchetes.

O Ellen G. White Estate, instituição da Igreja Adventista responsável pelo patrimônio literário da escritora, esclarece [infelizmente esta nota trouxe não esclarecimento mas confusão] que não autoriza o uso do nome Ellen G. White para a comercialização ou produção de qualquer tipo de material, o que inclui exemplares da Bíblia. [Essa frase é ampla demais. Reflete o despreparo do seu escritor e ausência de assessoria jurídica. Esse parágrafo terminando aqui, diz que nem mesmo a CPB poderia mais publicar livros de Ellen White, nem a Novo Tempo colocar no ar textos de Ellen White.]

Publicações que contenham citações e escritos relacionados à Ellen White são produzidos oficialmente apenas pelas editoras da Igreja Adventista do Sétimo Dia. [Não confere com a verdade. Existem muitos ministérios independentes que publicam escritos ou citações dela. Exemplos: Amazing Facts (Doug Batchelor), Secrets Unsealed (Bohr). Talvez o autor do texto quisesse dizer “as únicas autorizadas a publicar são as editoras da IASD”. Isso também não é verdade. Escritos entram em domínio público algumas décadas depois de sua publicação. Outra evidência de incompetência do autor da nota, e de quem a republica]. Elas são resultado de estudos e análises criteriosas de especialistas. [Desde quando precisamos de especialistas para ler a mensagem do Senhor?? Os depositários precisam analisar e estudar é nada, para poder publicar; apenas guardar intactos e divulgar os escritos inalterados da profetisa. Depositários, vem de depósito. Os escritos de Ellen White são o resultado de estudos e análises? Sinceramente, outro motivo para crer que quem escreveu esse texto não foi a IASD mas é de responsabilidade de Berg Albuquerque. Minha querida igreja não publicaria um texto assim.]

Traduções ou materiais relacionados à obra da autora, feitos de forma independente e fora desses critérios, não possuem nenhum apoio, recomendação e autorização dos depositários de Ellen G. White e da Igreja Adventista do Sétimo Dia. [Outra afirmação inverídica. Existem sim muitos ministérios leigos que publicam EGW que gozam de apoio, recomendação e até autorização da organização. Basta ver quantos ministérios têm a autorização de armar seu estande em cada Conferência Geral. Portanto, tudo indica que essa nota ou foi escrita por alguém incompetente na esfera da DSA, ou de fato é fabricação de Berg Albuquerque, sendo abraçado pelos pastores que estavam ansiosos por um posicionamento oficial].

Segunda-feira, 13 de maio de 2019, o documento foi postado na página da igreja, com alterações.

Assim diz o Senhor: “Os que não têm o hábito de examinar a Bíblia por si mesmos ou de pesar as evidências, confiam nos dirigentes, e aceitam as decisões que estes fazem, e assim rejeitarão muitos as próprias mensagens que Deus envia a Seu povo, se esses irmãos dirigentes não as aceitarem.” TM 106.4

Outra vez EGW: “Como em épocas primitivas, as verdades especiais para este tempo não se acham com as autoridades eclesiásticas mas com homens e mulheres que não são demasiado instruídos nem sábios demais para crer na Palavra de Deus” PJ 35.1

Seja qual for a origem do documento, há uma forma fácil de esclarecer a situação:

Vamos prestar atenção nas evidências: essa nota tem sido postada por pastores em grupos de Whatsapp? Caso sim, das duas uma:

  1. Leandro Quadros e esses pastores que postam essa nota não fizeram sua tarefa de casa básica, de averiguar a autenticidade da nota. Isso refletiria o desespero para barrar a Bíblia White e o despreparo do obreiro, que passou quatro anos na faculdade recebendo treinamento.
  2. Leandro Quadros e Cia. reconhecem a autenticidade do documento; quer a organização publique ou não o documento na sua página oficial. Se a DSA ou o Centro White não publicar essa nota, o que hoje em dia é tão fácil como apertar a tecla “enter”, isso quer dizer que estão jogando sujo, com atitude medrosa e covarde; com estratégia enganosa, fruto que indica de que espécie a árvore é. “Respondeu-lhe Jesus: Eu tenho falado abertamente ao mundo; eu sempre ensinei nas sinagogas e no templo, onde todos os judeus se congregam, e nada falei em oculto.” João 18:20 (Bíblia White).

Queremos defender a IASD de fake news, não posso acreditar que ela seja a originadora desse texto. Vamos suspeitar o bem, como o faz o verdadeiro amor, ver 1 Coríntios 13:5. Nesse caso, os pastores que mesmo sabendo de sua origem duvidosa aprovaram essa nota em seus grupos, (ou se caso já o postaram, não se retratarem), estarão agindo como falsos mensageiros.

Apelo para que nossa querida Igreja Adventista do Sétimo Dia faça esclarecimento na página oficial a respeito da origem dessa nota. “Pois quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas porque são feitas em Deus.” João 3:21

Daniel Silveira, das montanhas de Capitólio.