No nosso grupo de estudos em Capitólio (casa da Carol e Humberto Formighieri) estávamos estudando o livro Preparação para a Crise Final, de Fernando Chaij (CPB). Mas ficamos indignados com muitas distorções que encontramos. O livro tem muitas citações EGW mas está rechado de comentários, vários deles tendenciosos. Abaixo uma lista das inconsistências que encontramos no início desse livro. O conteúdo entre aspas simples ‘ é de Fernando Chaij, o conteúdo entre aspas convencionais é inspirado de EGW. Usamos a sétima edição.

Maioria dos Membros

p. 17 ‘Dentro das fileiras da igreja deverá ocorrer um processo especial de reforma e santificação, o qual afetará a grande maioria dos seus membros no preparo para a chuva serôdia, para a forte pregação e a terminação da tarefa evangelizadora.’

O que EGW diz é “Antes de os juízos finais de Deus caírem sobre a Terra, haverá, entre o povo do Senhor, tal avivamento da primitiva piedade como não fora testemunhado desde os tempos apostólicos. O Espírito Santo e o poder de Deus serão derramados sobre Seus filhos.” GC 464. (p. 28 cita isso)

Saída da Cidade 

p. 20-21 ‘E quando essa lei [dominical] se tornar federal, religiosa e obrigatória em todos os Estados Unidos, nos demais países do mundo promulgar-se-ão leis idênticas, de maneira que a perseguição será geral.
Esse é o momento em que os filhos de Deus deverão preparar-se para sair das grandes cidades e em breve abandonar também as cidades pequenas.’ (ênfase acrescentada) Quando sair a lei o povo de Deus ainda vai se preparar para saír? absurdo.

EGW diz: “Como o cerco de Jerusalém pelos exércitos romanos era o sinal de fuga para os cristãos judeus, assim o arrogar-se nossa nação o poder para decretar obrigatório o dia de repouso papal será uma advertência para nós. Será então tempo de deixar as grandes cidades, passo preparatório para sair das menores para lares retirados em lugares solitários entre as montanhas.” T5 464.3 Os fiéis estarão já morando no campo, e só vão para a cidade grande pregar, e aí terão que sair das cidades grandes e pequenas. Repare:  EGW “Repetidas vezes tem o Senhor dado instruções de que nosso povo deve tirar suas famílias das cidades para o campo, onde poderão cultivar seu próprio mantimento; pois no futuro o problema de comprar e vender será bem sério. Devemos começar, agora, a atender às instruções que amiúde nos têm sido dadas” VC 15.1

Dragão = Espiritismo?

p. 21 ‘O profeta viu sair da boca do dragão (o espiritismo), da boca da besta (o papado), e da boca do falso profeta (o protestantismo apóstata), três espíritos imundos.’ Que texto inspirado diz que o dragão é o espiritismo. Perigo: Premissa falsa gera conclusões falsas.

Mudou texto de EGW e deixaram entre aspas na versão online

27 Adulteraram a primeira parte de uma citação de EGW na versão online:
“povo de Deus não suportará a prova a menos que haja um reavivamento e uma reforma entre o povo de Deus, mas esta deve começar sua obra purificadora entre os pastores. — 1T 469.

O certo é: “É necessária uma reforma entre o povo, mas essa deve começar seu trabalho purificador pelos pastores.” T1 469.3 Repare o verbo: “deve”. Não é “irá”

Espírito de Revolução

p. 30. ‘Sempre que um desses assim chamados movimentos de reforma suscite um espírito de crítica destrutiva contra os dirigentes da obra e contra a organização da igreja, fazendo eclodir o espírito de discórdia e de revolução, saibamos desde logo, sem qualquer outra análise, que é Satanás que o encabeça, e que se trata de uma falsificação da verdadeira reforma.’

Usou de má fé a expressão revolução, e a colocou entre aspas no final da p. 28, como se fosse da pena de EGW, sendo que EGW não usou esse termo. EGW “É chegado o tempo de realizar uma reforma completa. Quando essa reforma começar, o espírito de oração atuará em cada crente e banirá da igreja o espírito de discórdia e luta.” Inglês “spirit of discord and strife” (8T 251.1). Chaij aqui se baseia em um texto de EGW mas expande com suas próprias palavras. Com esse alerta não inspirado de Chaij eu condenaria, sem qualquer outra análise: Jesus, os anabatistas, os reformadores, a família Harmon ao ser expulsa da igreja metodista. Pois eles também provocaram discórdia e trouxeram espada.

Fanatismo: Escondeu a definição num […]

P. 29 e 31 na versão digital: ‘Lutero também sofreu grande perplexidade e angústia pelo procedimento de pessoas fanáticas […] E os Wesley, etc. esse reticências, três pontinhos, foi uma frase importante que retiraram, pois define o fanatismo: EGW “que pretendiam haver Deus falado diretamente por meio delas, e que, portanto, colocavam as próprias idéias e opiniões acima do testemunho das Escrituras” GC 396.1

Como um todo, não recomendamos o livro Preparação para a Crise Final. Se você encontrou outros erros significativos, por favor me envie no Whatsapp abaixo. A visão institucional infelizmente fluiu para dentro desse livro, e não é confiável. Os enganos dos últimos dias enganará se possível os próprios eleitos. No nosso grupo, decidimos mudar para O Grande Conflito, totalmente seguro.

Daniel Silveira, das montanhas de Capitólio

 

WhatsApp chat