Documento aprovado por 250 votos a 4 no último concílio outonal da IASD. Tradução direta do original, feita pelo MV. Original aqui. Matéria da Revista Adventista aqui.

Declaração sobre a visão bíblica da vida por nascer e suas implicações para o aborto

Os seres humanos são criados à imagem de Deus. Parte do presente que Deus nos deu como humanos é a procriação, a capacidade de participar da criação junto com o Autor da vida. Esse dom sagrado deve sempre ser valorizado. No plano original de Deus, toda gravidez deve ser o resultado da expressão de amor entre um homem e uma mulher comprometidos um com o outro em casamento. Uma gravidez deve ser desejada, e cada bebê deve ser amado, valorizado e nutrido mesmo antes do nascimento. Infelizmente, desde a entrada do pecado, Satanás fez esforços intencionais para estragar a imagem de Deus, desfigurando todos os dons de Deus ‒ inclusive o da procriação. Consequentemente, às vezes, as pessoas se deparam com dilemas e decisões difíceis sobre uma gravidez.

A Igreja Adventista do Sétimo Dia está comprometida com os ensinamentos e princípios das Sagradas Escrituras que expressam os valores de Deus na vida e fornecem orientação para futuros pais, equipe médica, igrejas e todos os crentes em questões de fé, doutrina, comportamento ético e estilo de vida. A Igreja, embora não seja a consciência dos crentes individuais, tem o dever de transmitir os princípios e ensinamentos da Palavra de Deus.

Esta declaração afirma a santidade da vida e apresenta princípios bíblicos em relação ao aborto. Conforme usado nesta declaração, o aborto é definido como qualquer ação destinada ao término da gravidez e não inclui a interrupção espontânea de uma gravidez, também conhecida como aborto espontâneo.

Princípios Bíblicos e Ensinamentos Relativos ao Aborto

Como a prática do aborto deve ser ponderada à luz das Escrituras, os seguintes princípios e ensinamentos bíblicos fornecem orientação para a comunidade de fé e indivíduos afetados por essas escolhas difíceis:

1. Deus defende o valor e a sacralidade da vida humana. A vida humana é de grande valor para Deus. Tendo criado a humanidade à Sua imagem (Gênesis 1:27; 2:7), Deus tem um interesse pelas pessoas. Deus as ama e se comunica com elas, e estas, por sua vez, podem amar e se comunicar com Ele.

A vida é um presente de Deus, e Deus é o doador da vida. Jesus é a vida (João 1: 4). Ele tem vida Nele mesmo (João 5:26). Ele é a ressurreição e a vida (João 11:25; 14: 6). Ele fornece abundante vida (João 10:10). Quem tem o Filho tem vida (1 João 5:12). Ele também é o sustentador da vida (Atos 17:25-28; Colossenses 1:17; Hebreus 1:1-3), e o Espírito Santo é descrito como o Espírito de vida (Romanos 8:2). Deus se preocupa profundamente com Sua criação e especialmente com a humanidade. Além disso, a importância da vida humana é esclarecida pelo fato de que, após a queda (Gênesis 3), Deus “deu Seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16). Enquanto Deus poderia ter abandonado e destruído a pecaminosa humanidade, Ele optou pela vida. Consequentemente, os seguidores de Cristo serão ressuscitados dentre os mortos e viverão em comunhão face a face com Deus (João 11:25-26; 1 Tessalonicenses 4:15-16; Apocalipse 21:3). Assim, a vida humana tem um valor inestimável. Isso é verdade para todos os estágios da vida: nascituros, crianças de várias idades, adolescentes, adultos e idosos ‒ independentemente das capacidades físicas, mentais e emocionais. Também é verdade para todos os seres humanos, independentemente do sexo, etnia, status social, religião e qualquer outra coisa que possa distingui-los. Tal entendimento da santidade da vida dá valor inviolável e igual a toda e qualquer vida humana, que requer ser tratada com o maior respeito e cuidado.

2. Deus considera o nascituro como vida humana. A vida pré-natal é preciosa para de Deus, e a visão da Bíblia descreve o conhecimento de Deus sobre as pessoas antes que elas sejam concebidas. “Os Teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no Teu livro todas estas coisas foram escritas, as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia” (Salmo 139:16). Em certos casos, Deus guiou diretamente a vida paternal. Sansão deveria “ser nazireu de Deus desde o ventre” (juízes 13:5). O servo de Deus é “chamado do ventre” (Isaías 49:1, 5). Jeremias já estava escolhido como profeta antes de seu nascimento (Jeremias 1:5), assim como Paulo (Gálatas 1:15) e João, o Batista deveria “ser cheio do Espírito Santo, desde o ventre de sua mãe” (Lucas 1:15). De Jesus, o anjo Gabriel explicou a Maria: “Por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus” (Lucas 1:35). Em sua encarnação, o próprio Jesus experimentou o período pré-natal humano e foi reconhecido como o Messias e Filho de Deus logo após Sua concepção (Lucas 1:40-43).

A Bíblia atribui alegria ao feto (Lucas 1:44), e até rivalidade (Gênesis 25:21-23). Os que ainda não nasceram têm um lugar firme com Deus (Jó 10:8-12; 31:13-15). A Bíblia mostra uma forte estima pela proteção da vida humana e considera danos ou a perda de um bebê ou mãe como resultado de um ato violento, um problema sério (Êxodo 21:22-23).

3. A vontade de Deus em relação à vida humana é expressa nos Dez Mandamentos e é explicada por Jesus no Sermão da Montanha. O decálogo foi dado como uma aliança entre Deus e as pessoas e serve para guiar suas vidas e protegê-las. Seus mandamentos são imutáveis verdades que devem ser estimadas, respeitadas e obedecidas. O salmista louva a lei de Deus (por exemplo, Salmo 119), e Paulo chama isso de santo, justo e bom (Romanos 7:12). O sexto mandamento declara: “Não matarás” (Êxodo 20:13), que exige a preservação da vida humana. O princípio de preservar a vida consagrada no sexto mandamento coloca o aborto em seu escopo.

Jesus reforçou o mandamento de não matar em Mateus 5:21-22. A vida é protegida por Deus. Isso é não medido pelas habilidades dos indivíduos ou por sua utilidade, mas pelo valor que a criação de Deus e o amor sacrificial colocou nele. Personalidade, valor humano e salvação não são conquistados ou merecidos, mas graciosamente concedidos por Deus.

4. Deus é o dono da vida, e os seres humanos são Seus mordomos. As Escrituras ensinam que Deus é dono de tudo (Salmo 50:10-12). Deus tem uma reivindicação dupla sobre os seres humanos. Eles são Dele porque Ele é o Criador e, portanto, é o dono deles (Salmo 139:13-16). Eles também são Seus porque Ele é o Redentor, e os comprou com o preço mais alto possível ‒ Sua própria vida (1 Coríntios 6:19-20). Isso significa que todos os seres humanos são mordomos de tudo o que Deus tem confiado a eles, incluindo suas próprias vidas, a vida de seus filhos e a dos nascituros. A mordomia da vida também inclui assumir responsabilidades que, de certa forma, limitam suas escolhas (1 Coríntios 9:19-22). Visto que Deus é o doador e dono da vida, os seres humanos não têm controle final sobre si mesmos, devendo preservar a vida sempre que possível. O princípio da mordomia da vida obriga a comunidade de crentes a guiar, apoiar, cuidar e amar aqueles que enfrentam decisões sobre a gravidez.

5. A Bíblia ensina a cuidar dos fracos e vulneráveis. Deus mesmo cuida daqueles que estão em desvantagem e oprimidos, e os protege. Ele “… não faz acepção de pessoas, nem aceita recompensas… faz justiça ao órfão e à viúva, e ama o estrangeiro, dando-lhe pão e roupa” (Deuteronômio 10:17-18, cf. Salmo 82:3-4; Tiago 1:27). Ele não considera filhos responsáveis pelos pecados de seus pais (Ezequiel 18:20). Deus espera o mesmo de Seus filhos. Eles são chamados para ajudar as pessoas vulneráveis e aliviar seu fardo (Salmo 41:1; 82:3-4; Atos 20:35). Jesus fala do menor de seus irmãos (Mateus 25:40), por quem Seus seguidores são responsáveis, e pelos pequenos que não devem ser desprezados ou se perder (Mateus 18:10-14). Os menores, a saber, os que ainda não nasceram, devem ser contados entre eles.

6. A graça de Deus promove a vida em um mundo marcado pelo pecado e pela morte. Faz parte da natureza de Deus proteger, preservar e sustentar a vida. Além da providência de Deus sobre Sua criação (Salmo 103:19; Colossenses 1:17; Hebreus 1:3), a Bíblia reconhece o amplo efeito devastador e degradante do pecado sobre criação, inclusive sobre corpos humanos. Em Romanos 8:20-24, Paulo descreve o impacto da queda como sujeitando a criação à futilidade. Consequentemente, em casos raros e extremos, a concepção humana pode produzir gestações com perspectivas fatais e/ou anomalias agudas de nascimento com risco de vida que colocam mães ou casais com dilemas excepcionais. As decisões nesses casos podem ser deixadas à consciência dos indivíduos envolvidos e suas famílias. Essas decisões devem ser bem informadas e guiadas pelo Santo Espírito e a visão bíblica da vida descrita acima. A graça de Deus promove e protege a vida. Os indivíduos nessas situações desafiadoras podem procurá-Lo com sinceridade e encontrar orientação, conforto e paz no Senhor.

Implicações

A Igreja Adventista do Sétimo Dia considera o aborto fora de harmonia com o plano de Deus para a vida humana. Afeta o nascituro, a mãe, o pai, a família, os parentes, a família da igreja e a sociedade com consequências a longo prazo para todos. Os crentes devem confiar em Deus e seguir Sua vontade, sabendo que Ele tem o melhor interesse para Seus filhos.

Embora não apoie o aborto, a Igreja e seus membros são chamados a seguir o exemplo de Jesus, sendo “cheio de graça e verdade” (João 1:14), para (1) criar uma atmosfera de verdadeiro amor, provendo cuidado pastoral bíblico cheio de graça e apoio amoroso àqueles que enfrentam dificuldades nas decisões sobre o aborto; (2) contar com a ajuda de famílias comprometidas e que funcionem bem para educá-los para cuidar de indivíduos, casais e famílias em dificuldades; (3) incentivar membros da igreja a abrir suas casas para os necessitados, incluindo pais solteiros e filhos adotivos; (4) cuidar profundamente e apoiar de várias maneiras mulheres grávidas que decidem manter seus filhos ainda não nascidos; e (5) fornecer emoções e apoio espiritual àqueles que abortaram uma criança por várias razões ou foram forçados a ter um aborto e podem estar sofrendo fisicamente, emocionalmente e/ou espiritualmente. A questão do aborto apresenta enormes desafios, mas oferece aos indivíduos e à Igreja a oportunidade de ser o que aspiram ser: uma comunhão de irmãos e irmãs, uma comunidade de crentes, a família de Deus, que revela Seu amor imensurável e infalível.


 

A imagem abaixo mostra o nível de legalidade do aborto em cada país. Roxo: indica proibição total. Vermelho: só se for para salvar a vida da mãe. Amarelo para preservar a saúde. Verde: Múltiplas razões sociais e econômicas. Azul: a pedido, períodos gestacionais variam. Fonte: https://reproductiverights.org/worldabortionlaws

Desbravadores: Objeções

Desbravadores: Objeções

Antes de abraçar a verdade presente, eu Daniel cheguei a ser líder master de desbravadores, minha esposa líder. Do que vimos até 2010, posso dizer que tem elementos que desaprovamos: 1. Competição. EGW Desde os tenros anos da criança consiste [a educação atual] num...

Novidades MV – Dezembro 2021

Novidades MV – Dezembro 2021

00:00 Abertura00:09 Itinerário visita03:16 Abacaxi e banana04:53 Blog MV05:11 Dois EGW fortes06:49 Vixe08:16 Videoconferências08:59 China09:35 Enxada suada 202109:48 Real digital10:06 COP Metano das vacas11:07 Ensino à distância11:53 Gazeta do povo12:12 EUA,...

Operação Iceberg: Análise da Sala 57

Operação Iceberg: Análise da Sala 57

Daniel Silveira expõe o rumo místico e espúrio do movimento; oração do santuário. Novo livro da CPB "Inteligência Espiritual". Update no cenário do misticismo adventista - Enfrentai-o #sala57 #oracaodosantuario 0:00 Abertura 3:24 Misticismo no livro Inteligência...

Como a China quase se tornou um nação guardadora do sábado

Como a China quase se tornou um nação guardadora do sábado

por Leon J. Lyell. Original https://www.biblesabbath.org/tss/492/tss_492.pdf No sul da China no final da década de 1840, surgiu um tipo único de cristianismo - o Movimento Taiping. Milhões aceitaram sua liderança, mas missionários "cristãos" estrangeiros a rejeitaram....

Anciãs, por que não?

Anciãs, por que não?

1º. Na criação, Deus estabeleceu o homem como cabeça e a mulher como auxiliadora (Gn 2.18/Ef 5.23). Como pode uma mulher ser cabeça na igreja e auxiliadora em casa? 2º. No Antigo Testamento, a liderança do povo de Deus era formada de Anciãos e Sacerdotes, não de...

Daniel 1:8 e a Vacina

Daniel 1:8 e a Vacina

Composição, arranjo e Gravação: Tico Rodrigues Daniel 1:8 Daniel, porém, propôs no seu coração não se contaminar com a porção do alimento do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe concedesse não se contaminar. EGW Há muitos...

Campos de Reeducação à Vista

Campos de Reeducação à Vista

Essas imagens abaixo são do mais novo campo de concentração da Argentina, que a elite papal chama de "centros sanitários de covid" e estão em todo o mundo. Meu amigo, só é enganado quem tem problemas mentais. Você se lembra das tendas que montaram no começo desse...

Erton Köhler: próximo presidente mundial?

Erton Köhler: próximo presidente mundial?

Uma análise de sua presidência de perspectiva independente da América do Sul. Traduzido do inglês. 1 Timóteo 5:17 Os anciãos que governam bem sejam tidos por dignos de duplicada honra, especialmente os que labutam na pregação e no ensino.  Tito 1:7 Pois é necessário...

A Unção do Santíssimo é o Batismo de Jesus

A Unção do Santíssimo é o Batismo de Jesus

O Santíssimo não se refere só ao compartimento do tabernáculo, mas também a objetos e ofertas de expiação. A profetisa EGW arremata: A unção de Jesus cumpriu o “ungir o santo dos santos” da última parte de Daniel 9:24.

Yeadon e a Vacina

Yeadon e a Vacina

Ex-vice da Pfizer, artigo do LifeSiteNews traduzido, comparado com o falso resumo que circula nas redes.

Novidades MV Abril 2021

Novidades MV Abril 2021

Lago Azul, Sequestro, Pandemia, Consentimento e IATEC, Covid e o Tipo sanguíneo, DSA Stanley Arco, Quarta dos Milagres, EGW fake, Vax em SP, Viagem pesadelo, Transparência nos dízimos.

Castelo Forte de Lutero – Original 1551

Castelo Forte de Lutero – Original 1551

Música surreal (especialmente a parte em vozes). Acordes inspirados, diz EGW Tradução ao pé da letra, sem rimas em português. Publicado 17 de abril de 2021, dia dos 500 anos de Lutero em Worms. Falando do séquito que ia a Augsburgo em 1930: "Lutero, que os acompanhou...

Campanha Vivos e Mortos

Campanha Vivos e Mortos

Anúncio Youtube Caminho a Cristo grátis para não adventistas - Música áudio - cortesia do SonLight: as vozese piano são de outras pessoas. Pix CNPJ: 38.281.847/0001-64 Banco do Brasil Agência 0968-7 Conta Corrente 43.236-9 OMM, Chave Pix: CNPJ 38.281.847/0001-64 --...

Novidades MV Março 2021

Novidades MV Março 2021

01:38 Mel, Cozinha 2:17 Blog: Bosh  3:07 EGW fake 4:04 Arado 5:00 Telegraph 6:17 A contra-reforma da saúde 6:28 EGW Igreja Domiciliar 11:39 Voz sonífera 11:48 Autenticidade EGW 12:50 Bohr e Batchelor 14:09 Daisy Escalante 15:09 KJV "reprovará" 15:50 Lei dominical de...

Três Amigas e a Cloquinha

Três Amigas e a Cloquinha

2:22 Ir para o campo sem o homem? 4:30 Ainda dá tempo de ir para o campo? 10:07 Caso da Verônica 13:00 Reposição da B12 24:53 Patrícia recém conseguiu ir para o campo 28:39 O milagre do bicho da jabuticaba 30:06 Vânia: Livramento da cratera 32:27 Curso de Naturopatia...

Novidades MV Fevereiro

Novidades MV Fevereiro

Erratas BKJ, Washburn, Telegram pode sumir da loja, Iracy da Suíça, Terceiro Anjo 2, consentimento para vigiar fieis, Depoimento de Emanuel e Viviane, transparência nos dízimos.

A Entrevista de EGW a Washburn

A Entrevista de EGW a Washburn

Ele esteve em lá em 1888, e foi difícil ele mudar do lado errado para a luz. Confissão dele a EGW, e confissão de EGW a ele. Palavras da profetisa que não estão em seus escritos.

Três Amigas e os Sapos Fervidos

Três Amigas e os Sapos Fervidos

Vida no campo, como sobreviver? E quem não tem 'dinheiro muito'? Como lidar com o marido não convertido. O estado do mundo e Brasil quanto a v@**** Decreto dominical sendo preparado na sombra. Sapos fervidos, a água quente de uma vez seria a lei dominical do jeitinho...

A Exclamação “Credo”

A Exclamação “Credo”

Artigo adaptado do original na página Nomes Científicos Por que falamos 'credo' quando estamos com nojo ou espantados? Quando eu ministrava palestras de Educação Ambiental, comentava o problema de só evidenciarem a fofofauna nalgumas campanhas de preservação...

Versos Cantados para Baixar

Versos Cantados para Baixar

Coleção completa: Bíblia Melódica, Musibíblia, Versos para Cantar (Sonlight), Kelly Azevedo, Ricardo Oliveira e mais. Para usar direto no celular, a melhor forma é pelo canal do Telegram. Baixe o app Telegram no Playstore (Android) ou Apple Store, e em seguida aperte...

Anunciando o Alto Clamor

Anunciando o Alto Clamor

Justificação pela fé na linguagem de hoje. Essa uma mensagem que vai prevalecer, adequado para crianças também. Resumo do livro Anunciando o Alto Clamor, do ministério Lembra-te.

Erratas na BKJ

Erratas na BKJ

A norma é a KJV, King James Version em inglês, a não ser onde EGW o indica diferente, por exemplo o ladrão na cruz. A editora BV books tem feito um ótimo trabalho na tradução da KJV, mas a notificamos dos versos abaixo que ainda carecem de ajuste. Como muitos de vocês...

Três Amigas e a Vax

Três Amigas e a Vax

EGW “Em seus labores, cada obreiro tem que olhar para Deus. Devemos aprender como encontrar as pessoas aonde elas estão. Que tais condições não existam, que encontramos em alguns lugares quando retornamos à América, em que membros individuais de igreja, em vez de se...