Nota preliminar do MV: Publicamos aqui a posição oficial da igreja (GC e SPD) e não necessariamente concordamos com as conclusões. Que Deus ilumine tua mente para discernir se há racionalizações institucionais ou bom senso em combate a fanatismo religioso e armadilha da vacina. Veja também o vídeo de Walter Veith sobre a vacina de DNA/RNA. Aqui não se trata da declaração votada em concílio primaveril de 2015 (que portanto tem maior autoridade que este documento atual), mas de um novo documento, publicado ontem. Ganha significado especial por o STF ter anunciado também que a vacina será obrigatória no Brasil, com medidas restritivas para quem não tomar

VACINAS COVID-19: ABORDANDO PREOCUPAÇÕES, OFERECENDO CONSELHO Original em inglês em https://adventist.news/en/news/covid-19-vaccines-addressing-concerns-offering-counsel Tradução: Google, revisão: Daniel.

Silver Spring, Maryland, Estados Unidos

Departamento dos Ministérios de Saúde da Conferência Geral, Instituto de Pesquisa Bíblica da Conferência Geral e Faculdade de Farmácia e Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Loma Linda

18 de dezembro de 2020

Os adventistas do sétimo dia olham para a vinda de Cristo como o grande ponto culminante da história e o fim de todas as doenças, sofrimento e morte. Ao mesmo tempo, foi-nos confiada a mensagem adventista de saúde materializada e expandida nos escritos de Ellen White, resumindo uma vida saudável através de comportamentos práticos de estilo de vida saudáveis e holísticos.

Defendemos todas essas práticas para manter um sistema imunitário saudável que, na pandemia, ainda é mais necessário. Ellen White não foi apenas um canal inspirado de informações sobre saúde, muito à frente do seu tempo, mas ela modelou a prevenção prática em face da doença letal da sua época, a varíola, e ela mesma tomou a imunização, assim como as pessoas próximas a ela. (1) Hoje, a varíola foi erradicada globalmente.

Esperamos que este artigo responda a perguntas, acalme medos e resolva alguns dos mitos e rumores prevalecentes, trazendo paz aos corações dos nossos membros ao tomarem decisões de saúde guiados pelos seus profissionais de saúde.

Existem rumores e teorias da conspiração que usam a vacina COVID-19 como uma interpretação para o cumprimento da profecia. Pedimos ao Instituto de Pesquisa Bíblica da Conferência Geral comentários a este respeito, e a resposta foi a seguinte:

“A turbulência global causada pela pandemia COVID-19 gerou especulações consideráveis relacionadas com os eventos do tempo do fim e interpretações erróneas da Bíblia. Um ponto de vista recente, propagado nas redes sociais e em alguns websites da Internet, defendeu a teoria de que as próximas vacinas produzidas para combater a COVID-19 pertencem a um processo de controlo que levará à aplicação da marca da besta.

Deve-se tomar em consideração, entretanto, que os adventistas mantêm a convicção de que a controvérsia do tempo do fim centrar-se-á na lei de Deus, e, particularmente, no quarto mandamento (Ap 14:12). Além disso, a mensagem do terceiro anjo alertará contra a receção da marca (Apocalipse 14:9-11) e iluminará a humanidade quanto às questões envolvidas.

Por esta razão, deve ficar claro que os adventistas do sétimo dia entendem que a “marca da besta” não é uma marca literal, mas um sinal de lealdade que identifica o portador como leal ao poder representado pela besta.

Numa perspetiva diferente, outra visão especulativa argumenta que as vacinas tornam impuros aqueles que as tomam porque, supostamente, substâncias impuras são usadas para produzi-las. A este respeito, deve ser esclarecido que as instruções bíblicas permanentes que proíbem o consumo de comida e sangue impuros (Levítico 11:1-20; 17:11-12; Atos 15:20) não se aplicam às vacinas pela razão óbvia de que as vacinas são produzidas como medicamentos para salvar vidas, não para servir de alimento.

Especulações como estas trazem descrédito à Palavra de Deus e causam confusão entre os crentes sinceros, mas menos informados. Usar a inoculação de uma vacina para despertar um cenário escatológico de proporções espirituais e cósmicas, ou para se opor a ela com base numa interpretação falha das Escrituras, apenas distrai os crentes sinceros das reais questões proféticas e do compromisso da Igreja Adventista em proclamar o evangelho.

Espera-se que uma vacina eficaz ajudará a interromper a atual pandemia. Isso protegerá as vidas daqueles que ainda precisam de conhecer o evangelho, bem como daqueles que já aceitaram o evangelho e, portanto, estão encarregados da proclamação do amor infinito de Deus a um mundo sofredor (João 3:16).” (2)

Os Ministérios Adventistas de Saúde estão firmemente baseados na Bíblia, na instrução do Espírito de Profecia por meio de Ellen White, e estão em consonância com a ciência da saúde revisada por pares e baseada em evidências. Contamos com essas bases para formular abordagens e conselhos de saúde. Com milhões de infetados, muitos mortos e infeções globais a aumentar, várias vacinas foram desenvolvidas em tempo recorde. Existem inúmeras perguntas que as pessoas estão a fazer relativamente à vacina COVID-19.

Como Igreja, embora apoiemos recomendações de saúde pública baseadas em evidências, também temos o cuidado de não fazer pronunciamentos que possam ser interpretados como substitutos das diretrizes nacionais e internacionais de saúde pública. Por esta razão, é importante que os nossos comentários sejam entendidos no contexto da nossa posição oficial, como Igreja, sobre a imunização:

“A Igreja Adventista do Sétimo Dia dá grande ênfase à saúde e ao bem-estar. A ênfase adventista na saúde é baseada na revelação bíblica, nos escritos inspirados de E. G. White (cofundadora da Igreja) e na literatura científica revisada por pares. Como tal, encorajamos a imunização/vacinação responsável, e não temos nenhuma razão religiosa ou baseada na fé para não encorajar os nossos aderentes a participarem responsavelmente em programas de imunização preventiva e protetora. Valorizamos a saúde e a segurança da população, o que inclui a manutenção da ‘imunidade de grupo’.

“Não somos a consciência de cada membro da Igreja e reconhecemos as escolhas individuais. Estas são exercidas pelo indivíduo. A escolha de não ser imunizado não é e não deve ser vista como o dogma nem a doutrina da Igreja Adventista do Sétimo Dia.”

Houve esforços para estabelecer uma abordagem confiável, baseada em evidências, para o tratamento da COVID-19. Além disso, e em tempo recorde, foram produzidas vacinas que agora estão a ser usadas para ajudar a controlar a pandemia. No entanto, as pessoas têm dúvidas e preocupações em relação às vacinas COVID-19.

A autorização de uso de emergência para a vacina Pfizer/BioNtech foi concedida a 2 de dezembro de 2020, no Reino Unido, e a 9 de dezembro no Canadá. Nos EUA, a vacina Pfizer foi revisada pela “Food and Drug Administration” (FDA) dos EUA e autorizada provisoriamente a 11 de dezembro. A vacina Moderna seguir-se-á.

Em conversa com a Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Loma Linda (LLUSPH), Michael Hogue, reitor da Faculdade de Farmácia de Loma Linda, que faz parte do Grupo de Trabalho do Conselho Consultivo sobre Práticas de Imunização para as Vacinas COVID-19 dos Centros de Controle de Doenças (CDC) dos EUA, no Condado de San Bernardino, na Califórnia, compartilhou as seguintes ideias sobre as perguntas mais frequentes sobre as vacinas Pfizer/BioNtech e Moderna. As suas ideias e explicações às perguntas mais comuns aparecem abaixo.

Perguntas e Respostas a respeito da vacina

Pergunta: A vacina de RNAm (ácido ribonucleico mensageiro) muda o seu ADN?

Resposta: Ambas as vacinas referenciadas são baseadas em RNAm, o que é uma inovação para as vacinas, mas a tecnologia tem sido usada em tratamentos médicos nos últimos 15 anos. A vacina entra no citoplasma de uma célula (o fluido dentro da célula), onde estimula a produção de anticorpos para combater a proteína semelhante a espícula do SARS-CoV-2. Uma vez que não entra no núcleo da célula hospedeira, não altera o DNA ou a estrutura/função genética.

Pergunta: Pode ser segura e eficaz, visto que foi desenvolvida tão rapidamente?

Resposta: Devido à tecnologia atual, o vírus SARS-CoV-2 foi sequenciado poucos dias após a sua identificação e o trabalho numa vacina foi imediatamente iniciado. O tamanho da amostra para um grande estudo foi de 40 000 pessoas (o tamanho médio de uma amostra de estudo de vacinas da FDA é geralmente de apenas 27 000 pessoas). Foi feito um estudo de dois anos em apenas dois meses. Os dados estão a ser cuidadosamente monitorizados.

A primeira dose mostrou uma proteção da resposta imune de 50 por cento. A segunda dose atingiu 95% de proteção! (Apenas a vacina da hepatite A é mais alta, com cerca de 100 por cento de proteção.) O estudo foi bem planeado e representou fielmente a demografia dos EUA, com exceção dos nativos americanos (mas o estudo em andamento está a trabalhar para corrigir isso). A eficácia e os efeitos secundários foram semelhantes em todos os grupos étnicos.

Pergunta: Os ingredientes e conservantes da vacina são perigosos?

Resposta: Não há conservantes nessas duas vacinas COVID-19, e é por isso que é necessário haver instalações de congelamento para o armazenamento e o transporte. A vacina é cuidadosamente purificada.

Pergunta: Quais são os efeitos colaterais?

Resposta: Até ao momento, 10 por cento dos indivíduos relataram febre no segundo dia e, em 24 horas, 50-60 por cento relataram sentir “dores”. Até agora, houve muito poucos efeitos secundários graves com a vacina Pfizer/BioNtech, incluindo três casos de reações alérgicas significativas (anormalmente baixo; provavelmente devido ao não uso de conservantes).

O Dr. Hogue comentou ainda que, se uma pessoa já testou positivo para a COVID-19 no passado, essa pessoa pode receber a vacina na mesma; simplesmente os níveis de anticorpos dessa pessoa irão aumentar com a administração da vacina. Ele também destacou que a toma da vacina nos EUA é voluntária, não obrigatória.

A eficácia das vacinas Pfizer/BioNtech e Moderna é semelhante, mas não são intercambiáveis ​​(se uma pessoa começa com uma, a segunda dose tem que ser da mesma marca). Para a vacina Pfizer, há um intervalo de 21 dias entre as duas doses; relata-se que para a vacina Moderna, o intervalo será de 28 dias entre as doses. A vacina não está autorizada para uso durante a gravidez ou em menores de 16 anos.

Conclusão

A imunização, juntamente com o saneamento básico e a água potável, têm sido fundamentais para a maior longevidade observada em todo o mundo, onde essas intervenções foram aplicadas. As vacinas são usadas há muito tempo por membros da Igreja Adventista em todo o mundo. Juntamente com boas práticas de saúde, elas forneceram proteção contra muitas infeções e preveniram doenças e mortes.

À medida que testemunhamos a magnitude global da pandemia, as mortes, as deficiências e os efeitos a longo prazo da COVID-19 que estão a surgir em todas as faixas etárias, incentivamos os nossos membros a considerarem a imunização responsável e a promoção e a facilitação do desenvolvimento do que é comumente denominado como imunidade de grupo (imunidade comunitária pré-existente de aproximadamente 80 por cento dos indivíduos como resultado de uma infeção anterior e/ou de uma vacinação).

Reiteramos: A DECISÃO DE SER OU NÃO SER IMUNIZADO É ESCOLHA DE CADA INDIVÍDUO, E DEVE SER TOMADA EM CONSULTA COM O SEU PRESTADOR DE SAÚDE. A PESQUISA PESSOAL SOBRE O ASSUNTO É IMPORTANTE. EM ÚLTIMA ANÁLISE CONFIAMOS QUE SEGUIR PRÁTICAS DE SAÚDE BÍBLICAS E DO ESPÍRITO DE PROFECIA, E SEGUIR A LIDERANÇA DE DEUS NAS NOSSAS VIDAS, TRAZER-NOS-Á PAZ E SEGURANÇA NA NOSSA TOMADA DE DECISÕES.

(1) Com respeito à vacinação contra a varíola, D. E. Robinson, um dos secretários da Sra. White, com data de 12 de junho de 1931, escreveu o seguinte acerca da atitude da Sra. White para com a vacinação:

“Pedis informação definida e concisa acerca do que a Irmã White escreveu sobre a vacinação e o soro.

“Esta pergunta pode ser respondida muito concisamente, pois quanto a todos os relatórios que temos, ela não se referiu a isso em nenhum dos seus escritos.

“Tereis interesse em saber, porém, que numa ocasião em que houve uma epidemia de varíola na vizinhança, ela mesma foi vacinada e insistiu com os seus auxiliares, que tinham ligação com ela, a vacinarem-se. Dando este passo a Irmã White reconheceu que fora demonstrado que a vacinação, ou imuniza contra a varíola ou atenua grandemente os seus efeitos, se a pessoa a contrai. Também reconheceu o perigo de exporem ao contágio, caso deixassem de tomar essa precaução. “[Assinado] D. E. Robinson” (Mensagens Escolhidas, vol. 2, p. 303).

(2) Instituto de Pesquisa Bíblica da Conferência Geral dos Adventistas do Sétimo Dia, dezembro de 2020.


Comentários de leitores do artigo (não Daniel Silveira/MV)

Este artigo afirma que Ellen White foi vacinada contra a varíola; no entanto, isso se baseia apenas em uma citação de um D.E. Robinson. Para ser justo, talvez ela tenha feito ou não, mas não há nenhuma evidência de que a Sra. White foi vacinada além da alegação do Sr. Robinson. Também é um fato que houve pioneiros adventistas como John Loughborough, que eram membros da Anti Vaccination Society. Esta é uma parte da história adventista que, infelizmente, é rotineiramente ignorada.

— Vacinas são drogas Ela alerta para o uso de drogas. Postei várias citações dela apresentando isso, mas foi surpreendentemente censurado. Aqui vão de novo:

EGW “A medicação por drogas deve ser abandonada. Neste ponto a consciência do médico deve ser sempre mantida sensível, fiel e pura. Devemos guardar-nos da inclinação para usar drogas venenosas, que matam se não curam. Coisas me têm sido apresentadas em referência ao uso de drogas. Muitos têm sido tratados com drogas e o resultado tem sido a morte. Nossos médicos, por praticarem medicação com drogas, têm perdido muitos casos que não precisavam ter sido fatais se tivessem deixado suas drogas fora do quarto do enfermo. {MS 227.5}
Casos de febre têm sido perdidos quando, tivessem os médicos deixado inteiramente fora o seu tratamento com drogas, tivessem posto sua engenhosidade a trabalhar, e sábia e persistentemente usado os próprios remédios do Senhor, abundância de ar e de água, os pacientes teriam sido recuperados. O descuidado uso dessas coisas que deviam ser evitadas tem decidido o caso dos enfermos. {MS 228.1}
O experimento com drogas é um negócio muito dispendioso. Paralisia do cérebro e da língua é muitas vezes o resultado, e as vítimas morrem de morte antinatural, quando, se tivessem sido tratadas perseverantemente, com incansável, indefectível diligência, com água quente e fria, compressas quentes, enfaixamento, e envolvimento em lençóis úmidos, poderiam estar vivos hoje. {MS 228.2}
Não deve ser introduzida no organismo humano coisa alguma que deixe atrás um efeito maléfico. E esclarecer sobre esse assunto e fazer tratamento natural é a razão que me foi dada para estabelecer sanatórios em vários lugares. {MS 228.3}
Tenho-me sentido penalizada quando muitos estudantes são animados a ir onde receberiam instrução sobre o uso de drogas. A luz que tenho recebido sobre o assunto de drogas é inteiramente diferente do uso que delas se faz nessas escolas ou nos sanatórios. Precisamos ficar esclarecidos sobre esses assuntos. {MS 228.4}
Os nomes complicados dados a medicamentos são usados para encobrir o assunto, de modo que ninguém saiba o que lhes é administrado, a menos que consulte um dicionário. … {MS 228.5}
 

— Parece que a Conferência Geral está totalmente integrada com a indústria farmacêutica (acho que eles investiram ações na indústria de vacinas) O artigo sugere que podemos comer comida impura se injetá-la … em vez de comê-la …
O mesmo acontece com os fetos abortados … Metais pesados e A nova vacina Covid19 contém algo chamado Luciferase.
Parece adoração a Lúcifer para mim. A variante australiana contém HIV, então, a sugestão é que eles querem curar um resfriado com AIDS. Com toda a paz e segurança neste artigo, isso me faz pensar quanto tempo ainda resta para a Conferência Geral, sua destruição repentina deve estar perto… Tirando calor de sua frieza e traição.

— Acho que já ficou claro que a vacinação é uma escolha individual. Se você não foi a hospitais e seu corpo não foi marcado com medicamentos para a cura porque você é muito saudável ou só usa remédios naturais, então é melhor não ir para a vacinação para evitar alergia aos medicamentos … colocando um palpite sobre a GC se eles investiram com a Pfizer é tão ruim quanto os usuários de drogas … em vez disso, vamos orar por nossos líderes e por nós mesmos, se fizermos o nosso melhor por Jesus e pelos outros.

— Parece uma visão equilibrada. Estava preocupado com o apoio inequívoco diante de sérias preocupações como a ausência de estudos sobre os efeitos de longo prazo.

 

 

 

Declaração da Divisão Pacífico Sul (SPD) publicada no periódico oficial The Record, de 16 de dezembro. Original em https://record.adventistchurch.com/2020/12/16/spd-releases-statement-on-immunisation/

A Igreja Adventista do Sétimo Dia tem uma rica história de promoção da saúde e bem-estar em nossas comunidades.
A compreensão adventista de saúde e cura é baseada na revelação bíblica, escritos de Ellen G. White e literatura científica revisada por pares. Nós acreditamos que todos a cura, em última análise, vem de Deus, que os cristãos são chamados a viver pela fé, e que a cura ocorre ocasionalmente de maneiras milagrosas. No entanto, também acreditamos que, mais frequentemente, Deus trabalha com ou por meio do dom de maior conhecimento médico, que Ele tão graciosamente nos forneceu.
Enquanto alguns presumem erroneamente que buscar a experiência de médicos demonstra falta de fé em Deus e em Sua capacidade de curar, esta visão falha em reconhecer que Deus nos criou para aprender, pensar e fazer. O Novo Testamento se refere a indivíduos conhecidos como “médicos” (ver Colossenses 4:14) e reconhece sua limitações (ver Lucas 8:43); no entanto, embora reconheça que o atendimento médico não é infalível, a Bíblia não sugere que os cuidados médicos devam ser evitados.
Em linha com este pensamento, encorajamos a imunização / vacinação responsável e não temos razão religiosa ou baseada na fé para desencorajar nossos adeptos a participar de programas de imunização preventiva e protetora. A Igreja, no entanto, não é a consciência de membros individuais da igreja e reconhece direitos dos indivíduos de fazerem escolhas. A escolha de não ser imunizado não é e deve não ser visto como o dogma nem a doutrina da Igreja Adventista do Sétimo Dia.
 
——
 
Adendo à “Declaração sobre Imunização”. Original em https://record.adventistchurch.com/wp-content/uploads/sites/6/2020/12/SPD-Addendum-to-Statement-on-Immunisation.pdf
 
 
O desenvolvimento de vacinas e seu uso generalizado resultou em uma incidência drasticamente reduzida de muitas doenças infecciosas que já mataram milhões de pessoas, ao mesmo tempo que evitam graves efeitos colaterais em milhares de outros. As vacinas funcionam preparando o sistema imunológico do corpo para reconhecer e combater vírus ou bactérias específicos. Se uma pessoa vacinada for exposta posteriormente à doença, seu corpo já tem a capacidade de lutar e matar o organismo, prevenindo ou reduzindo a gravidade da doença.
A pandemia de COVID-19 com sua taxa de mortalidade significativa e efeitos colaterais de longo prazo estimulou naturalmente esforços para desenvolver uma vacina para reduzir seu impacto na sociedade. Existem muitos problemas e questões em torno do tópico da vacinação COVID-19. Esta declaração se concentrará em questões que são particularmente relevância para o cristão que deseja tomar decisões informadas sobre a vacinação COVID-19.
 
 
A vacina COVID-19 é segura?
Esta é uma questão importante, dado o curto espaço de tempo desde o desenvolvimento da vacina até a fase três dos ensaios de vacinas COVID-19 prospectivas. Nos países desenvolvidos, todas as pesquisas dessas vacinas estão sujeitas a cuidadosa supervisão por órgãos que exigem que as pesquisas sejam conduzidas em harmonia com os valores éticos de respeito, integridade, justiça e beneficência. 1 No entanto, há evidências documentadas de que um dos produtos farmacêuticos
as empresas que desenvolveram uma vacina COVID-19 não cumpriram os padrões éticos ao usar um país para testar um antibiótico experimental. 2,3
Antes de uma vacina ser lançada, terá sido testada em um grande grupo de voluntários. A maioria das tentativas
vai inscrever mais de 30.000 voluntários em seus ensaios de fase três, com alguns já alcançando esse número. 4 Além disso, embora a maioria dos efeitos colaterais provavelmente seja evidente nos primeiros dias, na maioria dos estudos os indivíduos será observada por até dois meses e outros por até dois anos após a vacinação. 5 Segurança pública é a principal prioridade dos órgãos reguladores que examinam os resultados dos estudos e determinam se uma vacina pode ser licenciada.
 
Os estudos até o momento demonstraram que, como a maioria das vacinas, as três principais vacinas COVID-19 podem resultar principalmente em reações leves a moderadas, como febre e dor localizada ou nódulos no local da injeção. Alguns os sujeitos do ensaio das vacinas COVID-19 também relataram fadiga, dores musculares e dores de cabeça que durou até dois dias. 6 Mais recentemente, dois participantes que tinham histórico de reações alérgicas e carregavam um injetor automático de adrenalina experimentou reações adversas graves nas fases iniciais do lançamento. 7 É importante notar que a segurança a longo prazo e o desempenho da vacina a médio e longo prazo ainda é desconhecido. 8,9 Ao tomar uma decisão sobre a vacinação COVID-19, a raridade dos efeitos colaterais graves deve ser ponderado em relação aos efeitos da vacinação que salvam vidas. A partir das informações disponíveis atualmente, o risco de complicações graves e morte por COVID-19 parece ser muito maior do que o risco de uma doença grave reação à vacina.
 
 
E quanto ao uso de material fetal na produção da vacina?
Pelo menos cinco das vacinas em desenvolvimento (incluindo a vacina AstraZeneca / Oxford favorecida pela governo australiano) usam linhas de células fetais em sua produção. As células são usadas como minifábricas para produzir componentes dessas vacinas COVID-19. O componente difere dependendo da metodologia da empresa em desenvolvimento. Em todos os casos, os componentes cultivados nas células são separados das células em
que eles foram cultivados. Isso significa que as células fetais não fazem parte das próprias vacinas.
O que torna o uso de células fetais controvertido é que elas vêm de tecido obtido após aborto eletivo ou espontâneo. Cristãos que concordam com a vacinação em geral, às vezes rejeitam vacinas cultivadas em células fetais devido à origem do tecido. A principal preocupação expressa é que esta é cooperando com transgressões morais. Para outros, representa a exploração de seres humanos que foram abortado sem o seu consentimento ou mesmo uma banalização da morte.
 
À medida que você luta com essas preocupações, há vários fatos que devem ser considerados. Primeiro, as interrupções da gravidez não eram realizadas especificamente com o propósito de obter tecido fetal. 10 Em vez disso, o tecido, que teria sido destruído, foi obtido para pesquisas médicas somente após a rescisão ocorrida por motivos médicos e / ou pessoais. Embora provavelmente discordássemos da decisão de abortar um feto, não sabemos as circunstâncias que levaram os pais a tomar essa decisão.
O uso de tecido de um feto após a morte talvez possa ser comparado à doação de órgãos de alguém que foi assassinado. 11 Assim como o receptor de tal doação de órgãos não pode ser considerado em qualquer forma responsável pelo assassinato do doador, portanto, aqueles que são vacinados com uma vacina que foi desenvolvido usando tecido obtido após uma morte não pode ser responsabilizado pela morte do feto.
Em segundo lugar, o uso dessas linhas de células fetais não encoraja ou afirma a interrupção da gravidez de forma alguma. Células do tecido fetal foram cultivadas artificialmente em laboratório de forma que continuem crescer e se multiplicar indefinidamente. Como as células continuam a se multiplicar, tecido fetal fresco não é necessário para novos experimentos. Na verdade, as linhas de células fetais utilizadas para as vacinas COVID-19 foram derivadas de células obtidos décadas atrás e provaram ter um longo histórico de segurança. 12
Terceiro, essas doações de tecidos já resultaram em muitos bons resultados por meio de outras vacinas e medicamentos, e a prevenção de mortes por COVID-19 em populações de risco também provaria ser um grande bem. Embora isso não justifique ou tolere a decisão original de abortar, é consistente com a ideia de que Deus pode trazer o bem de decisões humanas que são menos do que ideais (por exemplo, Gn 50:20; 2 Reis 14: 26-27).
Quarto, existem outras vacinas COVID-19 sendo desenvolvidas que não usam tecido fetal que podem fornecer uma alternativa sem as preocupações éticas associadas a este grupo de vacinas.
 
 
E quanto às vacinas baseadas em RNA?
As vacinas baseadas em RNA, como as criadas pela Moderna e Pfizer, não usam células fetais em sua criação. 13
Eles são compostos de fragmentos criados artificialmente de RNA mensageiro que codificam partes do vírus que a vacina foi projetada para combater. Quando as células humanas lêem esses fragmentos, elas fazem cópias de proteínas ou antígenos de vírus. Este material estranho faz com que o corpo monte uma resposta imunológica, incluindo o desenvolvimento de anticorpos. Como o RNA codifica apenas para proteínas virais específicas, eles não reprogramarão células para criar outras coisas ou alterar o DNA da pessoa. Por as vacinas de RNA requererem armazenamento muito frio temperaturas, elas podem não estar disponíveis em todos os lugares.
 
Devo ser vacinado contra COVID-19?
Para maximizar a segurança da população, entre 70-90% da população precisa ter imunidade ao vírus. A infecção natural provavelmente não fornecerá esse nível de proteção; é aqui que entra a vacinação. 14 Ao tomar a decisão de imunizar ou não você e sua família, você é incentivado a considerar não apenas você, mas também aqueles ao seu redor. Os cristãos são chamados a amar o próximo (Mt 22:39; Lc 10:27; Gl 5:14; Fp 2: 4) e cuidar dos vulneráveis ​​(Sl 82: 3-4; Pv 31: 8-9; Mq 6: 8; Tg 1:27).
Escolher a vacinação contra uma doença muito contagiosa com complicações graves e com risco de vida é uma expressão de amor pelo próximo. Em nossas comunidades, os idosos e aqueles que vivem com doenças crônicas doenças são particularmente vulneráveis ​​a resultados graves de COVID-19 e, portanto, devemos procurar fazer tudo o que podemos para protegê-los. Os indivíduos também são incentivados a considerar a importância social e econômica da COVID-19 na sociedade e o papel que a imunização pode desempenhar na redução desse impacto. Enquanto a imunidade de rebanho está sendo construída dentro da comunidade, existem estratégias adicionais específicas para reduzir o risco de infecção com COVID-19, que devem ser seguidas. Continue com a lavagem regular das mãos, uso de tratamento facial coberturas, distanciamento físico e evitando espaços internos lotados.
 
As informações fornecidas eram atuais em 14 de dezembro de 2020 e estão sujeitas a alterações conforme informações relacionadas
A vacinação COVID-19 continua a se desenvolver. É importante consultar um médico antes de tomar uma decisão sobre
se deve ou não imunizar você ou sua família.
 

Referências: 
 
1 Na Austrália, a pesquisa deve ser conduzida em harmonia com a Declaração Nacional de Conduta Ética em Pesquisa em Seres Humanos. o
Os Estados Unidos e o Reino Unido têm declarações legislativas semelhantes.
2 C. Willyard. O processo da Pfizer destaca a ética dos ensaios clínicos em países em desenvolvimento https://www.nature.com/articles/nm0707-763
3 The Guardian, a Pfizer paga a famílias nigerianas de vítimas de testes de drogas de meningite,
https://www.theguardian.com/world/2011/aug/11/pfizer-nigeria-meningitis-drug-compensation
4 Trials podem ser pesquisados ​​individualmente em www.clinicaltrials.gov . Os protocolos de estudo para as principais vacinas candidatas foram
lançado online. Moderna, https://www.modernatx.com/sites/default/files/mRNA-1273-P301-Protocol.pdf ; Pfizer, https: // pfe-
pfizercom-d8-prod.s3.amazonaws.com/2020-09/C4591001_Clinical_Protocol.pdf ; e vacina Oxford / AstraZeneca,
https://s3.amazonaws.com/ctr-med-7111/D8110C00001/52bec400-80f6-4c1b-8791-0483923d0867/c8070a4e-6a9d-46f9-8c32-
cece903592b9 / D8110C00001_CSP-v2.pdf
5 Ibid.
6 KR Choi, “Experiência de um pesquisador de enfermagem no ensaio de vacinas COVID-19.” JAMA Intern Med. Publicado online em 7 de dezembro de 2020.
doi: 10.1001 / jamainternmed.2020.7087
7 CNN, Alerta de alergia para vacina Pfizer / BioNTech após trabalhadores de saúde do Reino Unido com histórico de alergia sofrerem reação,
https://edition.cnn.com/2020/12/09/health/covid-vaccine-allergies-health-workers-uk-intl-gbr/index.html
8 Peter Doshi. Vacinas “95% eficazes” da Pfizer e Moderna – vamos ser cautelosos e primeiro ver os dados completos. BMJ . 2020, novembro
26. https://blogs.bmj.com/bmj/2020/11/26/peter-doshi-pfizer-and-modernas-95-effective-vaccines-lets-be-cautious-and-first-see-
the-full-data /
9 CNN, o estudo da vacina Covid-19 da Pfizer excluiu pessoas com histórico de reações alérgicas graves.
https://edition.cnn.com/world/live-news/coronavirus-pandemic-12-09-20-intl/h_41ebb700c038314dbe06b53dc9580392
10 Megan Munsie, Chris Gyngell e Michelle Taylor-Sands, “Gaining Clarity on the Ethical Issues of a Possible COVID-19 Vaccine”,
Perseguição (3 de setembro de 2020). Obtido em https://pursuit.unimelb.edu.au/articles/gaining-clarity-on-the-ethical-issues-of-a-possible-
vacina para o covid19
11 A mesma comparação é feita por Joe Carter em “The FAQs: As células fetais estão sendo usadas em vacinações COVID-19 e
Tratamentos., ” Https://www.thegospelcoalition.org/article/the-faqs-fetal-cells-covid-19-vaccines-treatments/
12 Meridith Wadman, “Vaccines that Use Human Fetal Cells Draw Fire  , Science Vol 368, Issue 6496 (12 de junho de 2020):
1170-1171. DOI: 10.1126 / science.368.6496.1170. Por exemplo, a vacina Oxford usa células HEK 293 derivadas de um aborto em
1972.
13 North Dakota Health, COVID-19 Vaccines and Fetal Cell Lines,
https://www.health.nd.gov/sites/www/files/documents/COVID%20Vaccine%20Page/COVID-
19% 20Vaccine% 20Fetal% 20Cell% 20Handout.pdf
14 WebMD, Por que uma vacina não será uma solução rápida para COVID-19 – 03 de setembro de 2020, https://www.webmd.com/lung/news/20200903/why-
a-vacina-não-será-uma-solução-rápida-para-covid-19
Liberta Dor

Liberta Dor

Produto natural de Faustino e Vânia. Com formulação especialmente voltada para auxiliar na obtenção do alívio da dor em quadros inflamatórios osteomusculares, o LIBERTA DOR ® foi especialmente desenvolvido a partir de técnicas modernas e rigorosa seleção de...

Yeadon e a Vacina

Yeadon e a Vacina

Ex-vice da Pfizer, artigo do LifeSiteNews traduzido, comparado com o falso resumo que circula nas redes.

Novidades MV Abril 2021

Novidades MV Abril 2021

Lago Azul, Sequestro, Pandemia, Consentimento e IATEC, Covid e o Tipo sanguíneo, DSA Stanley Arco, Quarta dos Milagres, EGW fake, Vax em SP, Viagem pesadelo, Transparência nos dízimos.

Castelo Forte de Lutero – Original 1551

Castelo Forte de Lutero – Original 1551

Música surreal (especialmente a parte em vozes). Acordes inspirados, diz EGW Tradução ao pé da letra, sem rimas em português. Publicado 17 de abril de 2021, dia dos 500 anos de Lutero em Worms. Falando do séquito que ia a Augsburgo em 1930: "Lutero, que os acompanhou...

Campanha Vivos e Mortos

Campanha Vivos e Mortos

Anúncio Youtube Caminho a Cristo grátis para não adventistas - Música áudio - cortesia do SonLight: as vozese piano são de outras pessoas. Pix CNPJ: 38.281.847/0001-64 Banco do Brasil Agência 0968-7 Conta Corrente 43.236-9 OMM, Chave Pix: CNPJ 38.281.847/0001-64 --...

Novidades MV Março 2021

Novidades MV Março 2021

01:38 Mel, Cozinha 2:17 Blog: Bosh  3:07 EGW fake 4:04 Arado 5:00 Telegraph 6:17 A contra-reforma da saúde 6:28 EGW Igreja Domiciliar 11:39 Voz sonífera 11:48 Autenticidade EGW 12:50 Bohr e Batchelor 14:09 Daisy Escalante 15:09 KJV "reprovará" 15:50 Lei dominical de...

Três Amigas e a Cloquinha

Três Amigas e a Cloquinha

2:22 Ir para o campo sem o homem? 4:30 Ainda dá tempo de ir para o campo? 10:07 Caso da Verônica 13:00 Reposição da B12 24:53 Patrícia recém conseguiu ir para o campo 28:39 O milagre do bicho da jabuticaba 30:06 Vânia: Livramento da cratera 32:27 Curso de Naturopatia...

Novidades MV Fevereiro

Novidades MV Fevereiro

Erratas BKJ, Washburn, Telegram pode sumir da loja, Iracy da Suíça, Terceiro Anjo 2, consentimento para vigiar fieis, Depoimento de Emanuel e Viviane, transparência nos dízimos.

A Entrevista de EGW a Washburn

A Entrevista de EGW a Washburn

Ele esteve em lá em 1888, e foi difícil ele mudar do lado errado para a luz. Confissão dele a EGW, e confissão de EGW a ele. Palavras da profetisa que não estão em seus escritos.

Três Amigas e os Sapos Fervidos

Três Amigas e os Sapos Fervidos

Vida no campo, como sobreviver? E quem não tem 'dinheiro muito'? Como lidar com o marido não convertido. O estado do mundo e Brasil quanto a v@**** Decreto dominical sendo preparado na sombra. Sapos fervidos, a água quente de uma vez seria a lei dominical do jeitinho...

A Exclamação “Credo”

A Exclamação “Credo”

Artigo adaptado do original na página Nomes Científicos Por que falamos 'credo' quando estamos com nojo ou espantados? Quando eu ministrava palestras de Educação Ambiental, comentava o problema de só evidenciarem a fofofauna nalgumas campanhas de preservação...

Versos Cantados para Baixar

Versos Cantados para Baixar

Coleção completa: Bíblia Melódica, Musibíblia, Versos para Cantar (Sonlight), Kelly Azevedo, Ricardo Oliveira e mais. Para usar direto no celular, a melhor forma é pelo canal do Telegram. Baixe o app Telegram no Playstore (Android) ou Apple Store, e em seguida aperte...

Anunciando o Alto Clamor

Anunciando o Alto Clamor

Justificação pela fé na linguagem de hoje. Essa uma mensagem que vai prevalecer, adequado para crianças também. Resumo do livro Anunciando o Alto Clamor, do ministério Lembra-te.

Erratas na BKJ

Erratas na BKJ

A norma é a KJV, King James Version em inglês, a não ser onde EGW o indica diferente, por exemplo o ladrão na cruz. A editora BV books tem feito um ótimo trabalho na tradução da KJV, mas a notificamos dos versos abaixo que ainda carecem de ajuste. Como muitos de vocês...

Três Amigas e a Vax

Três Amigas e a Vax

EGW “Em seus labores, cada obreiro tem que olhar para Deus. Devemos aprender como encontrar as pessoas aonde elas estão. Que tais condições não existam, que encontramos em alguns lugares quando retornamos à América, em que membros individuais de igreja, em vez de se...

Eventos Finais em Zacarias

Eventos Finais em Zacarias

EGW Em Sofonias lemos [cita o livro inteiro]. Em conexão com essas escrituras, leia os primeiros quatro capítulos da profecia de Zacarias, e o livro de Malaquias inteiro.Essas cenas logo serão testemunhadas, assim como foram claramente descritas. Eu apresento essas...

Rumo à Eternidade – IAE c2 – Jorge Mário de Oliveira

Rumo à Eternidade – IAE c2 – Jorge Mário de Oliveira

Sermão do Pr. Jorge Mário pregado no dia 11/12/1999 para os formando do SALT, no UNASP-EC. Rumo à Eternidade - Pr. Jorge Mário de Oliveira, então Prof. do então Salt no então IAE-2 Introdução: Apreciei o lema escolhido: "Transpondo o milênio rumo à Eternidade..."...

Frangotes no Céu

Frangotes no Céu

Algum voluntário para passar raspando no céu? Alguém quer arriscar ser salvo como que através do fogo? Esta vida é a rápida seleção para o grande serviço celestial de julgamento e reinado do Universo. Seremos frangotes ou águias? congressomv · Frangotes no Céu -...

Família Peregrina na Estrada

Família Peregrina na Estrada

É muita raça para uma família só. Viajam por Minas Gerais tomando banho e lavando roupa nos postos de gasolina. O MV (OMM) está contribuindo com uma carretinha, e assim que tiverem MEI, com gasolina para a missão.

Uni-vos, uni-vos!

Uni-vos, uni-vos!

EGW “Uni-vos, uni-vos” são as palavras de nosso divino Instrutor. União é força; desunião é fraqueza e derrota. {T6 292.3}

Oração pela Cura tem Requisitos

Oração pela Cura tem Requisitos

EGW "Orar pelos doentes é algo extremamente solene, e não deveríamos começar esta obra de qualquer maneira. Deve ser feito um exame para ver se aquele que seria abençoado com saúde condescendeu com maledicência, alienação e dissensão. Semearam discórdia entre os...

O Abate do Dinossauro 🦖  EGW, Biden e a China

O Abate do Dinossauro 🦖 EGW, Biden e a China

O que muda com Biden no poder? EGW e a profecia, China como rei do sul. Pastora de Trump pirou. Análise profética por Daniel Silveira. Gravado 7 de novembro de 2020. 0:00 A vitória de Biden  3:26 Biden com o papa 5:02 Kamala Harris 7:45 Suprema Corte 12:25 Juízes de...

Antes que Seja Tarde: Pr. Tomáz demitido

Antes que Seja Tarde: Pr. Tomáz demitido

Para a surpresa de ZERO pessoas o pastor Tomaz Amaral foi retirado do ministério da IASD na Associação Espírito Santense após Mesa Diretiva presidida pelo presidente Pr. Luiz Mário, sua credencial foi retirada por escrever o livro "Antes que seja tarde" que é um livro...

O Pão da Betsy  🍞 100% integral

O Pão da Betsy 🍞 100% integral

1 litro de água morna 5 colheres sopa açúcar 1 saquinho fermento biológico 1 colher sopa sal 3/4 copo grande óleo misturar tudo, e ir acrescentando: Farinha de trigo integral até dar o ponto 1 hora de forno médio

O Adventistas Davidianos e The Shepherd’s Rod

O Adventistas Davidianos e The Shepherd’s Rod

O fundador dos Adventistas do Sétimo Dia Davidianos era um membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia que residia em Los Angeles. O nome da organização foi adotado em 1942. Victor T. Houteff separou-se da Igreja Adventista do Sétimo Dia em 1929. Em 1930, ele começou o...

Evangelhópolis

Evangelhópolis

Lançamento do livro Evangelhópolis: o sistema de metas móveis na IASD tem levado os membros da IASD ao desânimo e tornado a igreja mais em um cruzeiro que um barco salva-vidas. Sessão de perguntas e respostas com Daniel Silveira e o uso dos dízimos.

Novidades MV – Setembro 2020

Novidades MV – Setembro 2020

0:00 News da agricultura e retrospectiva MV 3:39 Ararat 4:26 DTN azul e GC surrado 5:42 Artigos EUA Bruce 6:30 Bannon e Trump 7:30 Enquete dívidas 8:52 Salvatore carnes especiais 9:24 Grupos Whatsapp e aquietai-vos 10:19 Farinha enriquecida com ferro 11:56 Barreiras...

Jovens de Ouro no MV

Jovens de Ouro no MV

Segredo de sua espiritualidade, dicas para os pais, aspirações para o futuro. Entrevista de Gabrielle, Carol, Ivan e Sara, por Daniel Silveira. congressomv · Jovens de Ouro no MV 2019

Doug Batchelor encabeça protesto criativo

Doug Batchelor encabeça protesto criativo

Nossa igreja na Califórnia encontrou uma maneira criativa de se reunir com segurança no sábado, sem violar as proibições do estado, em reuniões da igreja. Ainda temos permissão para nos reunir e protestar na Califórnia, então ... PROTESTANDO CONTRA O DIABO! (original...

A Jornada de Jones e Waggoner

A Jornada de Jones e Waggoner

A Mensagem de 1888. Lições da História. Será que os Jones e Waggoner se afastaram da fé adventista por seus ensinos excêntricos, como a nova teologia dá a entender? Lucas Bem é historiador e vive em Marília–SP congressomv · Lucas Bem - A Jornada de Jones e...

Erratas EGW CPB

Erratas EGW CPB

Adulteraram EGW? Nada indica que houve alterações significativas nos escritos de EGW no inglês. Pois eles foram sendo publicados enquanto ela vivia e se tivessem mudado algo após sua morte, teria havido um grito de alerta geral, pois muitos adventistas são bem...

Obrigado, valor do telhado alcançado

Obrigado, valor do telhado alcançado

Vaquinha para colocar o telhado para o Congresso MV. Estamos fazendo a estrutura de madeira, em vez de aço treliçado, o que reduziu o orçamento de 18 mil para 14,5 mil reais, incluindo o frete. Obrigado pela participação, alcançamos o alvo, glória a Deus. [thermometer...