A igreja tem flertado perigosamente com o Vaticano, como o Pr. B.B.Beach ter entregado uma medalha de ouro ao papa em 1977 por um oficial de Divisão e uma bandeira do Vaticano ter entrado no Desfile das Nações numa Conferência Geral de 2005. Mas graças a Deus a igreja se distanciou de uma assinatura ecumênica feita por um pastor da IASD em Bolonha, Itália. Fico feliz pela boa influência do Pr. Brito, português conservador, que conheço pessoalmente. A Adventist Review também se pronunciou em 25 de fevereiro.

Depois da imagem segue o comunicado de imprensa da Divisão Inter-Europeia – ver original em inglês. Tradução: Google

 

Declaração sobre a posição da Divisão Inter-Européia sobre o envolvimento de um pastor adventista do sétimo dia italiano na assinatura da Carta Ecumênica do Conselho das Igrejas Cristãs de Bolonha.
24 de fevereiro de 2020  | Berna, Suíça

No sábado, 25 de janeiro, o pastor de uma congregação da igreja local na Itália assinou uma declaração conjunta com outros grupos religiosos que, embora concentrados no diálogo respeitoso entre e entre diferentes denominações religiosas, continham algumas declarações contrárias aos princípios adventistas do sétimo dia sobre relações entre igrejas.

A administração da Divisão Inter-Européia (EUD) desaprova a assinatura da Carta Ecumênica e reafirma sua posição em relação ao envolvimento de entidades e representantes da Igreja em empreendimentos ecumênicos.

Como resultado, os Oficiais da EUD desejam esclarecer o envolvimento de Pastores e Líderes Adventistas do Sétimo Dia em reuniões e eventos com representantes de outros órgãos religiosos.

A EUD incentiva todas as suas entidades a respeitar e oferecer educação sobre os valiosos princípios contidos na Bíblia, nos escritos de Ellen G. White e nos vários documentos e declarações produzidos pela Igreja Adventista a respeito de nosso relacionamento com outras religiões e denominações. Confirmamos que:

A Igreja Adventista favorece o diálogo e as cordiais relações de respeito e entendimento mútuos com outras confissões religiosas, em todos os níveis da organização da igreja.
Estamos totalmente convencidos e defendemos fortemente que a liberdade de consciência e liberdade religiosa é um direito inerente a todos os seres humanos, não como algo que reivindicamos apenas para nós, mas como um direito a ser concedido a todos, mesmo àqueles que pensam diferente nos.
O diálogo e a compreensão mútua, no entanto, não significam, no entanto, concordar com os outros, apenas para garantir relacionamentos cordiais.
Nossas crenças fundamentais foram cuidadosa e meticulosamente construídas sobre o fundamento seguro da Bíblia. Essas declarações de fé definem nossa identidade como igreja e devem sempre ser mantidas como nossa marca registrada.
Como representantes da Igreja Adventista, devemos falar claramente em nome da comunidade que representamos. Portanto, não devemos negociar ou fazer concessões a respeito de algo que contrarie os princípios de nossa Igreja e suas crenças fundamentais.
Para mais explicações, consulte as declarações e declarações abaixo.

Agradecemos a declaração da União Adventista Italiana. Isso demonstrou claramente que o evento em Bolonha não muda a posição oficial da Igreja Adventista na Itália.

Declaração da União Italiana da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Queridas irmãs e irmãos, estamos cientes do desconforto, desconforto e decepção que surgiram das notícias sobre um evento ecumênico no qual o pastor adventista Giovanni Caccamo participou e durante o qual assinou um documento intitulado “Charta Ecumenica di Bologna”.

Este evento e a assinatura do documento não representam a posição da União Italiana. Como oficiais da União Italiana, não tínhamos conhecimento desse programa, que era uma iniciativa local do pastor de Bolonha. Lamentamos a situação gerada.

Como oficiais e líderes da igreja, agradecemos e apoiamos todas as iniciativas que nos permitem testemunhar nossa fé com respeito e amizade. É nossa intenção garantir que nossa voz seja ouvida em todas as reuniões, tanto ecumênicas quanto outras, para que nossa fé possa ser compartilhada com outras pessoas.

No entanto, nos distanciamos de qualquer afirmação que mina nossa liberdade evangelística ou que nos leva a nos conformar com as decisões tomadas por outros sob a direção de uma igreja. Não podemos e não reconheceremos a autoridade dessa igreja sobre nossas escolhas.

Portanto, mesmo que o documento assinado possa ter boas intenções como um todo, e apesar de reconhecermos as boas intenções que o inspiraram – estabelecer um diálogo pacífico e respeitoso entre e com as diferentes denominações religiosas da região – em algumas partes não reflete a posição oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Ciente disso, nos distanciamos deste documento.

Que o Senhor nos ajude a ser boas testemunhas da fé e graça recebidas em Cristo, sabendo que nossa missão nunca deve ser condicionada por nenhuma organização ou poder terrestre.

Oficiais da União Adventista Italiana do Sétimo Dia.

A Tempestade se Aproxima

A Tempestade se Aproxima

Saiu a parte 5: A farsa do aquecimento global, RoundUp, transgênicos. Flúor na água, vacinas aumentam a quantidade de abortos espontâneos. Guerras do ópio, chemtrails, HAARP. EGW “Haverá um laço de união universal, uma grande harmonia, uma confederação das forças de Satanás.”Ma 188.2

Sexo no Sábado? Célia e Dawerson Souza

Sexo no Sábado? Célia e Dawerson Souza

congressomv · Celia e Dawerson Souza - Sexo no Sábado Uma questão debatida entre os guardadores do Sábado diz respeito à licitude ou não da prática da relação sexual entre pessoas casadas durante as horas sagradas. Os que sustentam não haver nenhum problema na...

WhatsApp chat