Carta de 3 de abril de 1915, que só foi liberada ao público em 2015:

Ao acordar, ela chamou a enfermeira ao seu lado e disse: “Eu quero te contar. Eu odeio o pecado (repetido três vezes). Estou encarregado de dizer ao nosso povo, que alguns não percebem, que o diabo tem dispositivo após dispositivo, e ele os executa de maneiras que eles não esperam. As agências de Satanás inventarão maneiras de transformar os santos em pecadores. “Digo-vos agora que, quando eu for sepultada, grandes mudanças acontecerão. “Não sei quando serei levada; e desejo advertir a todos contra os artifícios do diabo. “Quero que as pessoas saibam que eu os avisei completamente antes de minha morte.” Não sei especialmente que mudanças ocorrerão; mas eles devem vigiar todo pecado concebível que Satanás tentará imortalizar”. Manuscrito 1, 1915

Inglês: When waking out of sleep, she called the nurse to her side and said, “I want to tell you. I hate sin (repeated three times). I am charged to tell our people, that some do not realize, that the devil has device after device, and he carries them out in ways that they do not expect. Satan’s agencies will invent ways to make sinners out of saints.“I tell you now, that when I am laid to rest, great changes will take place.“I do not know when I shall be taken; and I desire to warn all against the devices of the devil.“I want the people to know that I warned them fully before my death.“I do not know especially what changes will take place; but they should watch every conceivable sin that Satan will try to immortalize.”  25LtMs, Ms 1, 1915

Fonte: https://egwwritings.org/read?panels=p14075.20211253&index=0