Texto retirado do White Estate. Comentário de Daniel Silveira no final.
 
Registros relativos às credenciais ministeriais / de ordenação de Ellen G. White

A. Formulário de Informações Biográficas de Ellen White
Em 5 de março de 1909, o formulário de informações biográficas de Ellen White foi preenchido por sua assistente, Mary Steward, conforme solicitado pelos registros da Associação Geral. A pergunta 19 perguntou: “Se ordenado, indique quando, onde e por quem”. A linha foi marcada com um “x” indicando que ela não havia sido ordenada. Outro “x” foi registrado para a pergunta 26: “Se tiver se casado novamente, forneça a data e para quem”.

B. Registros de credenciamento da Associação publicado na Review and Herald
O nome de Ellen White não é encontrado nas listas de ministros credenciados da Associação de Michigan antes de 1871. (Ver, por exemplo, listas publicadas em RH, 31 de maio de 1864, 28 de maio de 1867 e 26 de maio de 1868.) Ela recebeu o credenciamento ministerial pela primeira vez em 10 de fevereiro de 1871, pela Associação de Michigan:

“Proposto e votado, Que Irmã Ellen G. White receba credenciais desta Associação.” – RH, 14 de fevereiro de 1871, p. 69

Suas credenciais foram renovadas pela Associação de Michigan anualmente depois de 1887. [1] O relatório de 1886 foi apresentado com as palavras: “O comitê de credenciais e licenciamento apresenta os seguintes nomes de ministros ordenados para uma renovação de suas credenciais no ano seguinte”. (Ellen White não foi listada no relatório da Associação de Michigan de 1888.)

C. Listagens no Anuário Adventista do Sétimo Dia e no Boletim da Associação Geral
A primeira lista de ministros no Anuário Adventista do Sétimo Dia foi em 1884. Ellen White foi listada nos ministros da “Associação Geral” e nos ministros de “Michigan”. As listagens apareceram inalteradas em 1885, 1886 e 1887. Em 1888, ela foi listada baixo a rúbrica ministros da “Califórnia”, bem como ministros “do Michigan” e ministros do “campo geral”. Ela também foi listada em “Ministros” (não licenciados) na “Lista Alfabética de Trabalhadores”.

A partir de 1889, todos os trabalhadores foram listados em ordem alfabética, bem como por território, com códigos de letras inseridos para indicar se o trabalhador estava (l) licenciado para pregar ou (m) como ministro ordenado. Ellen White foi listada apenas nos ministros da “Conferência Geral” (não “Michigan” ou “Califórnia”) e um (m) apareceu após o nome dela no diretório. Ela foi listada da mesma maneira entre 1890 e 1894. Nenhum anuário foi publicado de 1895 a 1903; no entanto, “Diretórios dos Trabalhadores” foram publicados no Boletim da Associação Geral.

Nos Boletins de 1895/1896/1897/1898, Ellen White foi constantemente listada no “Diretório dos Trabalhadores” com o código de “Ministro” (m) na ausência de qualquer codificação separada para os ministros ordenados no diretório, bem como aparecendo na lista de ministros da “AssociaçãoGeral”. Nos Boletins de 1899/1900, o Diretório Ministerial listou (m) para ministro ordenado e (l) para ministro licenciado. Ellen White foi listada com o código (m) e na lista de ministros da “Conferência Geral”.

Nos Boletins de 1901/1902, os códigos não foram utilizados, mas uma distinção entre Ministros e Licenciados foi feita em listagens territoriais. Ellen White foi listada na lista de “Ministros” da Associação Geral em vez de “Licenciados”. Nenhum diretório foi publicado em 1903, mas ela recebeu “credenciais ministeriais” da Associação Geral por ação relatada no Boletim da Associação Geral, 14 de abril de 1903, p. 216

No Anuário de 1904, Ellen White foi listada no Diretório Ministerial e com “Ministros sob a direção da Conferência Geral”. Não havia codificação separada para ministros ordenados no diretório. Nos Anuários de 1905/1906/1907/1908, ela foi listada no Diretório Ministerial e com os Ministros listados em “Trabalhadores envolvidos no trabalho geral e nos campos missionários, na Conferência Geral”. Novamente, não havia código separado para ministros ordenados no diretório.

Nos Anuários de 1909/1910/1911/1912/1913, Ellen White foi listada no Diretório Ministerial e com Ministros em “Trabalhadores Envolvidos em Trabalhos Gerais na Conferência Geral” (sem codificação separada para ministros ordenados no diretório).

Nos Anuários de 1914/1915, Ellen White foi listada no Diretório Ministerial e com os Ministros listados em “Trabalhadores Gerais com Credenciais da Associação Geral” (sem codificação separada para ministros ordenados no diretório).

D. Credenciais de Papel do Livro de Ellen White
O White Estate possui sete credenciais de papel que foram emitidas para Ellen White. A primeira credencial é datada de 1º de outubro de 1883, da Conferência de Michigan. O segundo é de 27 de setembro de 1885, da Conferência de Michigan. O terceiro é de 6 de dezembro de 1885, da Associação Geral. Nessa credencial, a palavra “ordenado” foi riscada. O quarto é de 27 de dezembro de 1887, da Associação Geral. O quinto é datado de 7 de março de 1899, da Associação Geral. O sexto é de 14 de junho de 1909, da Associação Geral. O sétimo é datado de 12 de junho de 1913, da Associação Geral.

 

E. Declaração da família de Ellen G. White
Em uma carta de 17 de novembro de 1935, Dores E. Robinson respondeu em nome de W. C. White (filho de Ellen White e sogro de Robinson) em resposta a uma pergunta sobre as credenciais ministeriais de Ellen White. Ele escreveu: “[W. C. White] me diz que a irmã White nunca foi ordenada, que ela nunca batizou, nem nunca deu a ordenação a outras pessoas”.

Resumindo…
De 1871 até sua morte em 1915, Ellen White recebeu credenciais ministeriais. De 1871 a 1887, ela foi credenciada pela Conferência de Michigan e, de 1884 até sua morte, foi credenciada como Ministra da Associação Geral. Em uma das credenciais (1885), a palavra “ordenado” é riscada. (No Anuário de 1888, ela também foi listada entre os ministros da Califórnia.) Ao longo dos anos, seu nome foi listado junto com ministros ordenados em vez de licenciados, embora sua folha de informações biográficas e o testemunho de sua família indiquem que ela não recebeu ordenação das mãos dos oficiais da igreja.

 
Compilado pelo Ellen G. White Estate, Inc. – Outubro de 2012 – Atualizado em junho de 2018. 
Comentário de Daniel Silveira: mais importanto do que está escrito em papéis, é saber se ela exercia as funções de um ministro ordenado. A resposta está evidente: não. Não há qualquer registro de Ellen G. White ter oficiado um casamento ou realizado um batismo.
 
Assim, cai por terra o argumento utilizado por alguns defensores da ordenação de mulher no hemisfério norte. Se a profetisa não aceita ser ordenada, que mulher o pode ser?
Família Peregrina na Estrada

Família Peregrina na Estrada

É muita raça para uma família só. Viajam por Minas Gerais tomando banho e lavando roupa nos postos de gasolina. O MV (OMM) está contribuindo com uma carretinha, e assim que tiverem MEI, com gasolina para a missão.

Oração pela Cura tem Requisitos

Oração pela Cura tem Requisitos

EGW "Orar pelos doentes é algo extremamente solene, e não deveríamos começar esta obra de qualquer maneira. Deve ser feito um exame para ver se aquele que seria abençoado com saúde condescendeu com maledicência, alienação e dissensão. Semearam discórdia entre os...

O Abate do Dinossauro 🦖  EGW, Biden e a China

O Abate do Dinossauro 🦖 EGW, Biden e a China

O que muda com Biden no poder? EGW e a profecia, China como rei do sul. Pastora de Trump pirou. Análise profética por Daniel Silveira. Gravado 7 de novembro de 2020. 0:00 A vitória de Biden  3:26 Biden com o papa 5:02 Kamala Harris 7:45 Suprema Corte 12:25 Juízes de...

Antes que Seja Tarde: Pr. Tomáz demitido

Antes que Seja Tarde: Pr. Tomáz demitido

Para a surpresa de ZERO pessoas o pastor Tomaz Amaral foi retirado do ministério da IASD na Associação Espírito Santense após Mesa Diretiva presidida pelo presidente Pr. Luiz Mário, sua credencial foi retirada por escrever o livro "Antes que seja tarde" que é um livro...

O Pão da Betsy  🍞 100% integral

O Pão da Betsy 🍞 100% integral

1 litro de água morna 5 colheres sopa açúcar 1 saquinho fermento biológico 1 colher sopa sal 3/4 copo grande óleo misturar tudo, e ir acrescentando: Farinha de trigo integral até dar o ponto 1 hora de forno médio

O Adventistas Davidianos e The Shepherd’s Rod

O Adventistas Davidianos e The Shepherd’s Rod

O fundador dos Adventistas do Sétimo Dia Davidianos era um membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia que residia em Los Angeles. O nome da organização foi adotado em 1942. Victor T. Houteff separou-se da Igreja Adventista do Sétimo Dia em 1929. Em 1930, ele começou o...

Evangelhópolis

Evangelhópolis

Lançamento do livro Evangelhópolis: o sistema de metas móveis na IASD tem levado os membros da IASD ao desânimo e tornado a igreja mais em um cruzeiro que um barco salva-vidas. Sessão de perguntas e respostas com Daniel Silveira e o uso dos dízimos.

Novidades MV – Setembro 2020

Novidades MV – Setembro 2020

0:00 News da agricultura e retrospectiva MV 3:39 Ararat 4:26 DTN azul e GC surrado 5:42 Artigos EUA Bruce 6:30 Bannon e Trump 7:30 Enquete dívidas 8:52 Salvatore carnes especiais 9:24 Grupos Whatsapp e aquietai-vos 10:19 Farinha enriquecida com ferro 11:56 Barreiras...

Jovens de Ouro no MV

Jovens de Ouro no MV

Segredo de sua espiritualidade, dicas para os pais, aspirações para o futuro. Entrevista de Gabrielle, Carol, Ivan e Sara, por Daniel Silveira. congressomv · Jovens de Ouro no MV 2019

Doug Batchelor encabeça protesto criativo

Doug Batchelor encabeça protesto criativo

Nossa igreja na Califórnia encontrou uma maneira criativa de se reunir com segurança no sábado, sem violar as proibições do estado, em reuniões da igreja. Ainda temos permissão para nos reunir e protestar na Califórnia, então ... PROTESTANDO CONTRA O DIABO! (original...

A Jornada de Jones e Waggoner

A Jornada de Jones e Waggoner

A Mensagem de 1888. Lições da História. Será que os Jones e Waggoner se afastaram da fé adventista por seus ensinos excêntricos, como a nova teologia dá a entender? Lucas Bem é historiador e vive em Marília–SP congressomv · Lucas Bem - A Jornada de Jones e...

Erratas EGW CPB

Erratas EGW CPB

Adulteraram EGW? Nada indica que houve alterações significativas nos escritos de EGW no inglês. Pois eles foram sendo publicados enquanto ela vivia e se tivessem mudado algo após sua morte, teria havido um grito de alerta geral, pois muitos adventistas são bem...

Obrigado, valor do telhado alcançado

Obrigado, valor do telhado alcançado

Vaquinha para colocar o telhado para o Congresso MV. Estamos fazendo a estrutura de madeira, em vez de aço treliçado, o que reduziu o orçamento de 18 mil para 14,5 mil reais, incluindo o frete. Obrigado pela participação, alcançamos o alvo, glória a Deus. [thermometer...

Vana: O Humor do Cristão

Vana: O Humor do Cristão

Qual o humor condenado pelo Senhor e como entristecemos o Espírito Santo. O humor saudável. Vana é cabelereira e naturopata, avó e casada com o Valter Oliveira (IAGE). Ela vive em Capitólio MG.

A Posição Apropriada para a Oração – Valdomiro Polidório

A Posição Apropriada para a Oração – Valdomiro Polidório

A adoração tem um significado fundamental no desfecho do grande conflito. “Adorai Aquele que fez o céu, a Terra e o mar e as fontes das águas” (Ap 14:7). O significado na nossa postura durante a oração formal na casa de Deus. Valdomiro foi professor de faculdade e...

A Tempestade se Aproxima

A Tempestade se Aproxima

Saiu a parte 5: A farsa do aquecimento global, RoundUp, transgênicos. Flúor na água, vacinas aumentam a quantidade de abortos espontâneos. Guerras do ópio, chemtrails, HAARP. EGW “Haverá um laço de união universal, uma grande harmonia, uma confederação das forças de Satanás.”Ma 188.2

Sexo no Sábado? Célia e Dawerson Souza

Sexo no Sábado? Célia e Dawerson Souza

congressomv · Celia e Dawerson Souza - Sexo no Sábado Uma questão debatida entre os guardadores do Sábado diz respeito à licitude ou não da prática da relação sexual entre pessoas casadas durante as horas sagradas. Os que sustentam não haver nenhum problema na...

A Verdade Presente em Chega em Caruaru –  Emanuel e Viviane

A Verdade Presente em Chega em Caruaru – Emanuel e Viviane

Emanuel foi ancião em Caruaru, Pernambuco. Como ele foi marginalizado a medida que ele se tornava cabeça espiritual. Eles hoje são obreiros bíblicos de linha de frente em Minas Gerais. congressomv · A Verdade Presente em Caruaru - Emanuel e Viviane

Oi Débora G. Barbosa

Oi Débora G. Barbosa

Débora G. Barbosa é uma estudante de doutorado na Inglaterra, e jovem youtuber conhecida. Ela há pouco está lendo o livro Grande Conflito e empolgada com essa mensagem.

Como Vencer?

Como Vencer?

Testemunho e síntese do livro de Camron Schofield. Em Lucas 18:8, Jesus faz uma pergunta: “Acharei, porventura, fé na terra quando eu voltar?” Ele quer que Sua fé seja reproduzida em mim e em você. Esse livro foi a chave para destrancar o mistério da fé de Jesus como...

A Divindade Triúna

A Divindade Triúna

Série da Andréa Amaral gravada no último congresso do IAGE em Cristalina, Goiás.

É esse o fim? Walter Veith e os 6 mil anos

É esse o fim? Walter Veith e os 6 mil anos

Walter Veith lançou uma bomba: um vídeo onde fala sobre a cronologia bíblica, os 6 mil anos e a volta de Jesus. Diferentemente de outros vídeos baseados em visitas papais, festas judaicas ou Gretas, esse é um estudo da Palavra, estudo profundo. Analisem com oração, e...

Larry Kirkpatrick sobre o Coronavírus

Larry Kirkpatrick sobre o Coronavírus

O vírus é real. Mas, quer as intenções dos líderes do governo sejam boas ou más, será o vetor de uma terrível infecção do poder do Estado sobre nós.

A Desobediência Civil e a Inspiração

A Desobediência Civil e a Inspiração

A recusa de cooperar com o governo foi a base para o movimento liderado por Gandhi, na Índia, em meados do século XX. Esse princípio foi posteriormente usado pelos negros no sul dos EUA para acabar com a segregação contra eles, liderados pelo pastor protestante Martin...

WhatsApp chat