Tendo pregado sobre a Rebelião das Anciãs, esse novo vídeo tem o título: “Não permito que a mulher ensine. A virtude do silêncio feminino.” Deus falou, nós obedecemos. A palavra do Senhor é a nossa missão, ela não está sujeita a circunstâncias ou culturas, mas permanece eternamente; a justificativa no texto é a criação e queda, não a mentalidade patriarcal da época. Restaurando as brechas que faltavam, os pontos cegos na Bíblia que não gostamos. Chegou a hora de fazermos tudo o que o Senhor falou. 5:43 Texto de 1 Timóteo 2 12:04 Texto de 1 Coríntios 14 13:57 No evangelismo pode 15:14 Mas EGW pregava, e agora? 20:17 Texto só para a circunstância patriarcal? 23:20 Perigo preconceito Sobre ensinar na escola sabatina, veja artigo aqui.

Tiago White fazia o sermão doutrinário, a esposa regava: EGW Meu marido fazia um sermão doutrinário, então eu o seguia com uma exortação de certa extensão, buscando penetrar os sentimentos da congregação. Assim, meu marido semeava a semente da verdade, eu regava e Deus dava o crescimento. T1 75.3

O trabalho evangelístico deve ter mais cunho pessoal que público: EGW Empenhai-vos em evangelismo pessoal — Uma direta necessidade está sendo enfrentada pelo trabalho de mulheres que se têm dado ao Senhor e se têm dedicado a ajudar um povo necessitado, ferido pelo pecado. Deve fazer-se trabalho evangelístico pessoal. As mulheres que se têm entregue a esta obra levam o evangelho aos lares do povo nos caminhos e valados. Elas lêem e explicam a Palavra a famílias, orando com elas, cuidando dos enfermos e aliviando suas necessidades temporais. BS 148.2

EGW e as Eleições

EGW e as Eleições

EGW O povo de Deus não deve votar para colocar tais homens em cargos oficiais; pois assim fazendo, são participantes nos pecados que eles cometem enquanto investidos desses cargos.